domingo, julho 14, 2024

Aprenda o que fazer quando o chefe é grosseiro

Aprender a lidar com um chefe grosseiro pode ser a chave para o sucesso de uma carreira profissional. Mas, o que fazer quando a situação passa do limite?

Quando lidamos com um chefe que nos trata mal, fala grosserias, sarcasmos e ironias é importante manter a calma. Porém, manter-se calmo não é uma atitude simples de exercitar numa hora dessas.

Na maioria das vezes nos afetamos com esse tipo de comportamento. Além disso, atrapalha nosso desempenho no trabalho e nosso psicológico fica abalado. Ter uma plano de carreira em uma empresa conceituada é o sonho de muitas pessoas hoje em dia.

Mas, ao nos depararmos com um chefe grosseiro perdemos o ânimo. No entanto, é essencial ter pulso firme e compreender que fazer nosso trabalho com qualidade requer sabedoria, principalmente em casos como este.

Embora, não seja fácil manter o equilíbrio nem mesmo manter uma postura adequada, devemos aprender a lidar com comportamentos como este. Atualmente, chefes abusivos estão por toda a parte.

O que você precisa é analisar se a grosseria dele é apenas um comportamento trivial, ou se ultrapassa os limites da convivência abusiva entre hierarquias.

Então, confira algumas dicas importantes para que não perca o foco e ignore certas provocações vindas de seu chefe.

Como conviver com chefe grosseiro e o quer fazer

Antes de tudo, temos que analisar corretamente a situação. Em muitos dos casos o profissional entrou para um emprego novo, mas não está conseguindo se adaptar com seu novo gestor. Às vezes é só uma questão de comunicação falha, mas isso é fácil de resolver.

No entanto, é importante também refletir se isso não é assedio moral no trabalho. Entender as formas que isso ocorre e saber exatamente o porquê desse tratamento hostil vindo do seu superior.

Inúmeras pessoas questionam sobre como lidar com o chefe grosseiro. Foi por isso que decidimos escrever esse artigo e ajudar esses profissionais da melhor forma possível.

O que é um chefe grosseiro?

Primeiramente, devemos entender o que é uma pessoa grosseira e o que ela está fazendo que te afeta. Um chefe grosseiro não faz isso por estar irritado, mas por não ter boa educação para com o outro.

O chefe grosseiro não tem educação, não tem respeito pelo profissional, chama atenção do funcionário na frente de outras pessoas, crítica seu trabalho, é irônico, sarcástico e responde com palavras dúbias.

Saber lidar e se posicionar perante ele é o ponto de partida para que o clima fique melhor no ambiente de trabalho. Existe, também, uma certa distância de ser grosseiro e abusivo, confira alguns perfis!

Perfis de chefes tóxicos e grosseiros

Aprenda o que fazer quando o chefe é grosseiro

1. Líder grosseiro terrorista

O líder tóxico que comete terrorismo é um dos mais comuns entre os chefes grosseiros. Esse tipo de chefe grosseiro não mede esforços e nem riscos para cometer suas ações terroristas sob seus funcionários. O propósito dele é passar por cima de todos para seu bel-prazer.

2. Líder que se faz de amigo

Esse tipo de chefe se faz de amigo, porém esta amizade não serve para criar vínculo. Nem tão pouco para deixar o clima no ambiente de trabalho bom, mas sim para fazer amizades benéficas a seus favor.

Assim que pega sua confiança esse chefe faz grosserias e exige coisas de você. Além disso, te humilha perto das pessoas e logo após isso te trata como se nada tivesse acontecido. O profissional que trabalha com esse tipo de líder passa a maior parte do tempo pisando em ovos.

3. Líder que exerce assédio moral

Este tipo de chefe é um dos piores de se conviver no ambiente de trabalho. Isto porque, o assédio moral é algo grave, sério e difícil de identificar.

O assédio não tem limites e acontece de maneira depreciativa. Antes de tudo, é necessário saber que o assédio acontece de maneira constante, ou seja todos os dias no ambiente de trabalho.

O líder abusivo humilha o funcionário na frente dos outros constantemente, sem que seja uma situação inusitada. Sendo assim, podemos afirmar que este chefe está cometendo assédio moral e não só sendo grosseiro.

Nesse sentido, podemos avaliar dois tipos de personalidade. Aqueles com perfil de sociopata, uma vez que manipula a situação o tempo todo. E aquele que sabe exatamente o que está fazendo e faz por mero prazer.  

Por outro lado, existe também aquele líder que não percebe que está agindo desse modo, mas que mesmo assim o faz.

Identificar qual a situação está passando é o primeiro passo para aprender a lidar com ela.

Dicas do que fazer quando o chefe é grosseiro

1. Controle emocional

Embora ter controle emocional não seja tão fácil, você que está passando por essa situação, precisa trabalhar isso. Caso seu chefe grite ou te humilhe perto das pessoas, tente ficar o mais tranquilo possível.

Pense que ninguém tem controle sobre você! Ouça e depois faça o seguinte exercício:

O exercício consiste em conversar sobre o comportamento grosseiro do chefe com ele, em particular. Mostre-se insatisfeito com essa situação, mas fale tranquilamente e de forma segura.

Logo após isso, faça uma crítica direta sobre o comportamento grosseiro que seu chefe teve com você. Deixe claro que prefere ser tratado de outra forma. Inicie a frase na primeira pessoa – Eu acho que…

Peça por uma mudança, com tranquilidade fale seriamente, sem demostrar desequilíbrio. E para finalizar faça um elogio, sobre algum comportamento admirável que ele possa ter.

O chefe abusivo não irá mudar, pois esta é a personalidade dele. Caso identifique que o que acontece é assédio moral, aconselhamos que procure por outro ambiente de trabalho. Por outro lado, pode ser somente falta de comunicação, adaptação e controle emocional.

Analise bem todos os aspectos.

2. Perceba seu sentimento

O chefe grosseiro transmite a ação de ser mal educado com as pessoas, mas o impacto que essa ação vai te atingir pode ser controlada por você. Escolha que esse comportamento não irá te afetar de alguma forma. E com tranquilidade exercite para não levar as provocações para o coração.

Quando sabemos lidar com nosso emocional, tudo fica mais simples. Mas, saiba que ter controle é um exercício diário.

3. Não tenha o mesmo comportamento

Quando o chefe for grosseiro, não o trate da mesma forma, ou levante a voz com ele. Descer ao mesmo nível vai causar mal estar ao ambiente e principalmente a você. Então, levante a cabeça, ouça e fique tranquilo. Além disso, prepare-se para o que citamos no primeiro item, a conversa individual com ele.

4. Converse com o superior dele

Logo após os ataques, chame o chefe para conversar e diga educadamente que se sentiu desrespeitado. Além disso, proponha a mudança de comportamento e o elogie. Como falamos na primeira dica!

Sobretudo, não permita que tratem você dessa forma, pois o dia que permitir sempre te trataram assim.

Caso a conversa não dê resultados, procure o superior do seu chefe, ou o RH da empresa.

Como o profissional se sente quando o chefe é grosseiro?

Provavelmente todo mundo já passou por uma situação como essa, pois ter um chefe grosseiro é mais comum do que se imagina. Ele fica em cima, desrespeita, quer diminui os funcionários entre outras coisas.

Além disso, é visível a desmotivação do profissional que fica sem ânimo para trabalhar.

Aos poucos a vontade do profissional de estar naquela empresa se torna mínima. E o principal, pode prejudicar o rendimento e deixar esse funcionário doente.

Agora que você já sabe como identificar e como lidar com um chefe grosseiro, basta fazer o exercício. Nunca é fácil da primeira vez, mas saiba que essa postura te ajudará a ter mais confiança e com isso ele aprenderá te respeitar!

Mais dúvidas? Comente!

Leia também: Trabalhar na ArcelorMittal: descubra como entrar para o grupo

Rolar para cima
Pesquisar

Navegue

Siga-nos

Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Polí­tica de Privacidade.