terça-feira, junho 18, 2024

Concursos de Tecnologia da Informação que Estão Para Sair

Concursos para tecnologia da informação

Os profissionais de tecnologia da informação são cada dia mais necessários, seja em empresas públicas ou privadas. Por isso, vários concursos de tecnologia da informação estão sendo abertos e você pode se beneficiar com isso.

A tecnologia da informação nunca foi algo tão importante, praticamente tudo que fazemos tem alguma tecnologia envolvida. Na administração pública não é diferente, principalmente por conta da pandemia, que levou a realização de todos os trabalhos remotamente, seja o andamento dos processos, audiências, entre outras atividades.

Isso é bom para você concurseiro, pois é uma oportunidade para passar em concursos de tecnologia da informação, que estão pagando muito bem e em alguns casos o trabalho pode ser feito remotamente. Explicaremos aqui todos os concursos de TI que estão para sair, alguns já tem até banca definida, se começar a estudar hoje tem uma grande chance de aprovação.

Concursos de tecnologia da informação previstos

Veja os concursos que têm maior chance de obter a aprovação se começar a estudar hoje!

1. Concurso ATI

O primeiro dos concursos de tecnologia da informação que precisamos mencionar é o concurso da ATI (Artigos Tecnológicos Industriais). 

A previsão é que ele seja realizado em 2023, pois, em 17 de junho de 2023 ele foi autorizado e um mês depois Rogério Mascarenhas (Secretário de Governo Digital) diz que está com pressa para realizar o concurso e pretende chamar 300 analistas de TI.

Essa é uma possibilidade muito rentável, já que no início da carreira recebe R$5.7000,00  e ao decorrer da carreira chega a receber R$11.500,00.

Como foi explicado, apenas serão distribuídas vagas de analista e aqui fica nítida uma desvantagem para quem tem conhecimento prático, mas, não tem um curso de graduação, pois, essa é uma exigência do concurso público.

A expectativa para essa prova é muito grande, pois, há 8 anos que esse exame não abre vagas.Em 2015 a banca foi a Cebraspe e o exame foi divido em 3 etapas:

  Prova objetiva

Essa é a primeira fase, e terá que responder questões de múltipla alternativa, onde mostra que domina as matérias do edital, que são:

  • Conhecimentos básicos (50 questões)
    • Atualidade;
    • Raciocínio Lógico
    • Língua Portuguesa
    • Noções de inglês
    • Noções de informática
    • Noções de administração pública
  • Conhecimentos específicos (70 questões)
    • Arquitetura e tecnologias de sistemas de informação
    • Banco de dados
    • Engenharia de requisitos
    • Engenharia de software
    • Gerência de projetos
    • Gestão de processos de negócio
    • Gestão de Relacionamento
    • Gestão estratégica
    • Governança e Gestão de TI
    • Segurança da informação
    • Tecnologia da Informação na Administração Pública

Prova discursiva

O analista de tecnologia da informação precisa fazer uma redação de 30 linhas sobre um tema ligado ao cargo. Além disso, precisa comprovar um domínio da língua portuguesa, sendo esses os dois critérios averiguados nesta etapa de sua prova.

Avaliação de títulos

Nessa fase você já foi aprovado, porém, não significa que a avaliação de títulos é desnecessária. Entenda que ao ver os títulos (formações) que já fez, te ajuda na classificação do concurso. 

Desse modo, pode ser chamado primeiro. Por esse motivo é importante ter um pós, mestrado ou doutorado.

2. Concurso CAGECE

Outro concurso que está anunciado, mas ainda não tem uma banca definida é o CAGECE (Companhia de Água e Esgoto do Estado do Ceará). Nesse concurso haverão vagas além de TI, veja abaixo todos os cargos:

  • Analista de gestão (formado em TI);
  • Engenheiro;
  • Médico;
  • Analista de Saneamento;
  • Analista de Gestão;
  • Arquiteto;
  • Técnico Administrativo.

A última vez que esse concurso foi aberto, ao total foram chamadas 315 pessoas. Como os cargos são diversos, saiba que a renda oscila de R$4.000,00 a R$11.000,00.

Essa prova tem duas fases:
1ª Fase: Prova objetiva (50 questões, sendo 20 de conhecimentos específicos)

MatériaQuestõesPeso
Língua Portuguesa15 questões1
Atualidades5 questões1
Raciocínio Lógico5 questões2
Informática Básica5 questões2
Conhecimento Específicos20 questões3
Prova objetiva CAGECE

2ª Fase: Prova de títulos.

Nesse caso a banca verifica os títulos que possui, quanto melhor forem suas qualificações, mais pontos consegue:

Nível de qualificaçãoPontos obtidos
Doutorado4,5 pontos
Mestrado3,5 pontos
Pós-Graduação (360 horas)2,0 pontos
Avaliação de títulos CAGECE

Essa segunda etapa não se aplica ao cargo técnico administrativo. Agora já que está buscando concursos de tecnologia da informação (cargo de analista de gestão) deve se preocupar com o nível de formação que tem.

3. Concurso de tecnologia da informação da prefeitura de João Pessoa

A prefeitura de João Pessoa é uma das melhores oportunidades do ano para os técnicos de analista de TI! Está para definir a banca e nos próximos meses deve sair o edital.

Por ser um exame da prefeitura, há outras vagas além das que servem para os profissionais de Tecnologia da Informação. Essas são todas as oportunidades:

  • Agentes de mobilidade urbana (100 vagas);
  • Guardas Civis Municipais (200 vagas);
  • Assistentes sociais (20 vagas);
  • Contadores (8 vagas);
  • Analista de TI (10 vagas);
  • Analista de sistemas (22 vagas);
  • Profissionais da educação (440 vagas).

O que importa nesse concurso são as vagas de analista de TI e analista de sistema, cargos de nível superior onde a renda ultrapassa os 4 mil reais.

Do mesmo modo que os outros concursos, esse também tem 2 fases (prova objetiva e de títulos). Na primeira etapa as questões serão de:

MatériaQuestõesPeso
Língua Portuguesa10 questões1
Matemática5 questões1
Informática5 questões2
Conhecimento Específicos20 questões3
Questões João Pessoa

Essas questões tem até 4 horas para responder, se quer avançar no concurso de TI precisa acertar pelo menos 50% da prova. A avaliação de títulos tem peso na classificação:

Nível de qualificaçãoPontos obtidos
Doutorado4,0 pontos
Mestrado2,0 pontos
Pós-Graduação (360 horas)2,0 pontos
Avaliação de títulos João Pessoa

Como ainda nem foi divulgado o edital deste concurso público de tecnologia da informação, se começar a estudar hoje a sua chance de aprovação é grande.

Concurso de tecnologia da informação com comissão formada

Quando o concurso público já tem a comissão formada significa que em breve o edital vai ser aberto. Então, são provas que serão realizadas até o fim do ano. Confira os principais!

1. Concurso TCE RJ

Se pensa em trabalhar no Tribunal de Contas do Rio de Janeiro, pode aproveitar esse concurso, as vagas são para essas áreas:

  • Controle Externo: 15 vagas;
  • Ciências Contábeis: 08 vagas;
  • Direito: 08 vagas;
  • Tecnologia da Informação: 05 vagas;
  • Engenharia Civil: 04 vagas.

Nesse caso, você que tem uma formação em TI pode concorrer às 5 vagas de outros cargos dentro dessa área ou área ser um analista de controle externo. Nesse caso a sua renda será acima de 9 mil reais, sem falar que tem benefícios como convênio médico, vale-alimentação e vale-transporte.

Em primeiro lugar, precisa passar na prova objetiva, as matérias são:

  • Conhecimentos básicos:
    • Direito Administrativo (noções)
    • Direito Constitucional (noções)
    • Inglês;
    • Português.
  • Conhecimentos específicos:
    • Banco de dados;
    • Engenheiro de software;
    • Análise de dados;
    • Infraestrutura;
    • Segurança da Informação.

Se for aprovado, passa para a prova discursiva onde responde a 3 questões discursivas em 20 linhas, valendo 10 pontos cada e ainda estudo de casos de no máximo 60 linhas, valendo 30 pontos.

Por fim, a última etapa é a avaliação de títulos, onde pode obter até 13 pontos:

TítulosPontuaçãoMáximo de pontos
Doutorado6,06,0
Mestrado4,04,0
Pós-graduação1,503,0
Avaliação de títulos TCE RJ

Como pôde ver, como é mesmo que tenha dois doutorados e mestrados apenas pela validade para pontuação, um deles pode colocar até duas pós-graduação.

2. Concurso TCE PR

Outro concurso com comissão formada é o do Tribunal de Contas do Estado do Paraná. Nesse momento a banca está sendo definida, em breve o edital será aberto.

Para quem está buscando Concursos de tecnologia da informação essa é uma possibilidade que a grande chance de haver vagas para auditor de controle externo, um cargo que exige informação em TI.

Todo auditor de conteúdo externo tem uma renda alta, No início da carreira se ganha R$7.000,00 e no final chega a receber R$22.964,84. Fora os benefícios de vale-alimentação, convênio médico, entre outros. 

A prova objetiva do concurso tem 100 questões, de múltipla escolha (padrão A, B, C, D e) sendo:

  • Conhecimentos básicos (30 questões):
    • Português;
    • Controle Externo (Noções);
    • Adm. Financeiro e Orçamentária (Noções);
    • Direito Administrativo (Noções);
    • Direito Constitucional (Noções);
    • Matemática Financeira;
    • Estatística (Noções).
  • Conhecimentos específicos (70 questões)

As matérias de conhecimento específico vão depender do cargo, Na área de TI pode ser exigido que demonstre conhecimento técnico sobre banco de dados, análise de sistemas, entre outros assuntos.

A próxima fase é a prova discursiva onde precisa responder 4 questões, tendo até 15 linhas para elaborar sua resposta em cada uma. Bem como Faz um estudo de caso de até 60 linhas, tendo 4 horas e meia para fazer essa fase do concurso de tecnologia da informação.

3. Concurso Prodest (ES)

Em primeiro lugar, a Prodest (Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Espírito Santo) é uma oportunidade para se tornar um analista de Tecnologia da Informação, cargo que exige nível superior.

Como o último concurso do Prodest foi em 2014, a expectativa é que muitas vagas sejam disponibilizadas. A boa notícia é que a carga horária desse cargo pode ser reduzida. Porém, isso também impacta na sua remuneração:

Remuneração de quem trabalha 40 horas semanais:

  • Início de carreira: R$ 7.000,00;
  • Fim da carreira: R$13.929,08.

Remuneração de quem trabalha por 30 horas semanais:

  • Início de carreira: R$ 4.666,85;
  • Final de carreira: R$9.286,05.

Por outro lado, mesmo se não tiver um curso superior ainda pode fazer o curso técnico, já que há algumas vagas para esse profissional também.

A princípio, esse concurso tem uma prova objetiva, que tem de 50 a 70 questões e logo depois serão convocados os que obtiverem maior pontuação, a fim de tomarem posse do cargo.

4. Concurso de tecnologia da informação CGE RJ

A expectativa é que o concurso do CGE RJ seja aberto entre agosto e dezembro de 2023.  Nesse momento o concurso está definindo a banca e pretende chamar 10 pessoas para assumir imediatamente e 100 como cadastro de reserva.

Antes de tudo, o cadastro de reserva funciona assim: se uma pessoa não assumir ou em algum momento pedir exoneração do cargo, as pessoas do cadastro vão ser chamadas.

O auditor do Estado precisa ter formação em um desses cursos:

  • Engenharia;
  • Administração;
  • Ciências Atuariais;
  • Ciências Contábeis;
  • Estatística;
  • Ciências Jurídicas;
  • Ciências Econômicas;
  • Tecnologia da Informação.

Saiba que mesmo que com a formação em TI possa atuar nesse cargo, as funções que terá não tem ligação com a área. Bom, se isso não é um problema, estude essas matérias:

  • Conhecimentos básicos:
    • Língua Portuguesa;
    • Adm. Financeira e Orçamentária;
    • Direito Constitucional;
    • Direito Administrativo;
    • Matemática financeira.
  • Conhecimentos específicos
    • Controladoria Geral do Estado: competências e organização;
    • Auditoria Governamental;
    • Noções de Direito Penal;
    • Noções de Direito Tributário;
    • Sistema normativo anticorrupção;
    • Sistema normativo para acesso à informação;
    • Contabilidade Geral;
    • Contabilidade aplicada ao setor p público.

Após isso deve fazer uma prova discursiva respondendo questões e elaborando um estudo de caso, somente aqueles que passarem da primeira fase vão ter as suas provas corrigidas.

A renda também é um fator importante para decidir se vai ou não estudar para esse concurso, no cargo de auditor a renda inicial é R$7.779,29 e no ápice ganha R$11.121,66.

5. Concurso Câmara de Florianópolis

A Câmara de Florianópolis provavelmente vai abrir um concurso ainda esse ano, já que a comissão já foi formada para definição da banca. As vagas disponibilizadas neste serão:

  • Auxiliar técnico de engenharia: 1 vaga;
  • Técnico legislativo: 2 vagas;
  • Engenheiro civil: 1 vaga;
  • Redator legislativo: 1 vaga;
  • Programador de computador: 1 vaga.

A expectativa de abertura desse concurso é muito grande pois o último edital aberto para esses cargos foi em 1980. Desde então a Câmara só vem contratando terceirizados. 

Contudo boa parte dos funcionários se aposentaram nos últimos anos, o que gerou um déficit nesses cargos que só podem ser preenchidos via concurso público.

6. Concurso de tecnologia da informação TCM RJ

O Tribunal de Contas Municipal do Rio de Janeiro pretende abrir edital para o cargo de Auditor de Controle Externo, ele já tem comissão formada, mas, neste momento, está parado aguardando uma resposta da administração para retomar o andamento do concurso.

A expectativa é que sejam abertas 6 vagas para profissionais de tecnologia da informação, 3 vagas para contadores e 28 vagas para outras áreas que não exigem formação específica.

A remuneração inicial é de R$1.833,63, mas devido às gratificações no fim da carreira pode chegar a ganhar mais de R$20.000,00.

Há mais de uma década que o tribunal não abre concurso. Por essa razão, espera-se a abertura do edital ainda esse ano. Essa prova É bem extensa tendo um total de 140 questões das seguintes matérias:

MatériaQuestões
Português20
Raciocínio lógico matemático10
Auditoria 10
Contabilidade geral10
Contabilidade pública10
Matemática financeira10
Direito Administrativo20
Direito Financeiro15
Direito Constitucional15
Noções de Informática05
Instrumentos de Controles Externos10
Ética do Servidor da Adm. Pública05
Questões TCM RJ

Ao ficar bem posicionado no concurso vai ser chamado, então poderá tomar posse.

7. Concurso Sefaz (MS)

O Sefaz pretende chamar 30 pessoas para ocupar o cargo de Analista de TI. Hoje a comissão está formada e o salário base deste profissional é R$9.250,00, fora os benefícios.

A prova objetiva terá ao todo 120 questões e poderá obter no máximo 440 pontos, veja a tabela abaixo para entender:

MatériaQuestõesPesoPontos
Língua Portuguesa20360
Língua Inglesa10330
Raciocínio Lógico10330
Direito Adm.10110
Conhecimentos regionais10110
Conhecimentos específicos105300
Questões Sefaz

Ao passar dessa fase avançará no processo seletivo, eu então consigo fazer a prova discursiva e seguir para a avaliação de títulos. 

Aqueles que passaram por todas essas etapas serão chamados para tomar posse do cargo.

8. Concurso de tecnologia da informação AGTRAN (PA)

A princípio, a comissão foi formada recentemente e já divulgaram que 02 vagas serão disponibilizadas para o cargo de Analista de Tecnologia da Informação, que exige nível superior e tem uma renda inicial de R$3.436,27. 

A prova objetiva vai exigir que demonstre habilidade e conhecimento sobre matérias de ensino médio como língua portuguesa e matemática, mas, as de maior peso são as questões de conhecimento específico.

Concurso de tecnologia da informação com banca definida

Até esse momento apenas mencionamos os concursos previstos para sair ou que tenham comissão formada.

Agora mencionaremos os concursos que já tem a banca definida, estes têm maior chance de abrir edital nos próximos meses. Então, se quer obter a aprovação ainda esse ano, continue lendo.

1. ISS Florianópolis – SC (Concursos para tecnologia da informação)

A primeira das opções de concurso de tecnologia da informação com banca definida é o ISS da cidade de Florianópolis para as vagas de auditor fiscal, haverão vagas para auditor geral e o especializado em TI.

Se quiser começar a fazer questões sobre esse concurso busque por exercícios da banca FURB (Fundação Universidade Regional de Blumenau). Na última vez que esse concurso saiu as questões foram:

Prova 01

MatériaNº de Questões
Língua Portuguesa15
Informática5
Matemática e Estatística10
Economia10
Direito Civil10
Direito Penal5
Direito Administrativo10
Direito Empresarial10
Lei tributária25
Total de questões100
Questões ISS Florianópolis

Segunda prova

MatériaNº de Questões
Contabilidade35
Direito Constitucional15
Direito Tributário35
Auditoria15
Total de questões100
Segundo dia de prova ISS Florianópolis

Como pode perceber, tem 2 dias para fazer a prova (geralmente sábado e domingo). Assim sendo, é uma prova bem extensa e exige condicionamento do candidato para se concentrar durante todo o exame.

Tanto empenho e estudo para esse concurso de TI vale a pena, pois, seu salário inicial é R$15.813,81 e no fim da carreira recebe R$31.627,58.

Se continua começando a estudar, recomendo que priorize o conteúdo de maior peso, ou seja, aqueles que têm mais questões. Assim tem mais chance de aprovação.

2. Reciprev (Concursos para tecnologia da informação)

Em primeiro lugar, este concurso público de tecnologia da informação tem apenas uma vaga, sendo a de Analista de Previdência à Saúde (Informática).

Todo concurso de analista exige nível superior e esse não é diferente. Quem passar recebe um salário de R$4.696,92 (se trabalhar 30 horas por semana) e R$6.262,55 (trabalhar 40 horas por semana).

A prova é da seguinte forma

MatériaQuestõesPeso
Língua Portuguesa151,0
Noções de Direito Constitucional51,0
Noções de Direito Administrativo51,0
Legislação específica51,0
Conhecimentos específicos403
Questões Reciprev

A melhor forma de saber o que estudar para esse concurso público é acessar o edital e ver os conteúdos que foram exigidos no último exame de 2020. Ao clicar no botão abaixo acessa ele:

3. Concurso de tecnologia da informação TCE – SP

A princípio a banca será a FGV (Fundo Getúlio Vargas). Essa é uma das bancas mais difíceis dos concursos brasileiros. Por isso, espere um exame complicado, mas, se estiver bem preparado, será aprovado.

O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo tem dois cargos para você formado em tecnologia da informação, o de auxiliar técnico de fiscalização (TI) e o de agente de fiscalização (TI). Espera-se que 9 vagas sejam disponibilizadas.

A remuneração que terá neste concurso varia de R$7283,72 a R$15.986,81 dependendo de quanto tempo tem de carreira.

O último concurso de TI do TCE SP foi em 2015 e a prova objetiva teve essa organização de matérias:

  • Língua Portuguesa: 8 questões
  • Inglês: 4 questões
  • Raciocínio Lógico-Matemático: 8 questões
  • Conhecimentos Específicos: 60 questões

O conteúdo que precisa estudar encontra no último edital TCE SP.  É provável que nesse ou no próximo mês o edital já esteja aberto. Então, comece a estudar o mais rápido possível.

4. Concurso IPMT Teresina

Concurseiro nordestino, essa é uma ótima oportunidade!

O instituto de Previdência do Município de Teresina abriu concurso para analista previdenciária, é uma vaga mais cadastro de reserva.

A prova é dividida em 2 partes:

  • Conhecimentos gerais:
    • Português;
    • Raciocínio Lógico;
    • Noções de Informática.
  • Conhecimentos específicos.

Após isso, fará uma prova discursiva, respondendo questões sobre o direito previdenciário. Serão avaliados com base em 3 critérios:

  • 4 pontos: conteúdo;
  • 3 pontos: estrutura;
  • 3 pontos: expressão.

Por fim, a remuneração é de R$4.254,15 inicial, podendo chegar a mais de R$10.000,00 se seguir o plano de carreira.

5. TCDF (Concursos para tecnologia da informação)

Esse concurso foi feito pela banca Cebraspe (é conhecida por ser uma banca com questões de português difícil).

Bom, o cargo que estará concorrendo é o de auditor de controle externo especializado em tecnologia da informação. 

Estima-se que a prova vai ser realizada de setembro até no máximo novembro, então o edital deve sair nas próximas semanas.  A prova objetiva é dividida em 3 partes:

  • Conhecimentos básicos (35 questões);
  • Conhecimentos específicos I (60 questões);
  • Conhecimentos específicos II (65 questões).

Serão abertas 3 vagas e a remuneração é de R$19.235,88. Por conta do salário ser  alto haverá um grande número de pessoas concorrendo. Como foi informado, são poucas vagas, então precisa estar bem preparado para ter chance de aprovação.

6. Concurso DPE PR

A Defensoria Pública do Paraná precisa de vários profissionais, entre eles está o técnico em informática, que auxilia a resolver problemas nos computadores ou em algum sistema.

Contudo, a desvantagem é que será disponibilizada apenas uma vaga, mas, há cadastro de reserva. No dia 13 de julho foi definida a banca que será o Instituto Consulplan. O edital ainda não foi aberto, porém, já se sabe que terá 3 fases (prova objetiva; prova discursiva e análise de títulos).

Essas são as matérias e os pesos de cada conteúdo:

MatériaQuestõesPeso
Português152
Noções da Lei052
Noções de Informática051
Noções de Direito051
Específico do cargo202,5
Questões DPE PR

Para avançar no processo seletivo, tire no mínimo 60 dos 100 pontos. Na segunda etapa fará um texto discursivo, que tenha até 30 linhas, sendo averiguado se tem conhecimento da língua portuguesa e se domina o assunto.

A última fase é a avaliação de títulos, onde quem tem mais formação, consegue se classificar à frente no concurso.

A remuneração do técnico de informática é de R$2.800,00 inicialmente e pode chegar a R$3.900,00.

Qual o melhor cursinho preparatório para carreiras de TI?

O melhor cursinho preparatório depende muito do nível de estudo que já possui se é alguém que já estuda há muito tempo Recomendamos que vá pelo material de PDF. Assim, vê toda a matéria em pouco tempo. Um dos melhores cursinhos preparatórios nesse sentido é o Estratégia Concursos.

Contudo, se ainda não tem nenhuma base de estudos, é bom começar por videoaulas, mesmo que seja um método de estudo mais lento. Um dos que oferece aulas completas é o QConcursos.

Entenda que a falta de base para estudar para concursos públicos vai te fazer demorar mais tempo para ser aprovado. Então dedique bastante tempo para entender bem o conteúdo inicial. 

Lembre-se que o estudo para concurso público não pode ser feito pulando partes do conteúdo, pois a matéria que está à frente vai exigir que o que viu antes esteja bem fixado.

Tem como conciliar o estudo para dois concursos de tecnologia da informação?

Olha, geralmente conciliar o estudo para 2 ou mais concursos é algo difícil pois há matérias que são muito diferentes. Porém se o seu foco é estudar apenas para concursos de tecnologia da informação, pode conseguir.

O primeiro passo para conseguir fazer isso é verificar quais são as matérias em comum entre eles. Ao identificar isso poderá estudar aquelas matérias tranquilamente, a única diferença é quando for fazer questões, pois, deve fazer de ambas as bancas (supondo que os concursos tenham bancas distintas).

Já as matérias que são diferentes, precisa dar um jeito de conciliar isso na sua rotina. 

Por que fazer concursos para tecnologia da informação e não ir para o mercado privado?

Olha, a vantagem do concurso público é a estabilidade. A área de tecnologia é muito vasta e tem ótimas ofertas. Porém, é preciso estar sempre se atualizando e se ficar mais de 6 meses sem estudar já estará desatualizado.

Agora quem passa em um concurso consegue ter calma para se atualizar, já que, não será demitido. Só precisa tomar cuidado para não se colocar em uma zona de conforto e parar de estudar, a informática sempre avança e como especialista em TI, precisa se aprimorar não importa se é concursado ou não.

Conclusão

Buscamos organizar essa matéria em 3 grandes partes (concursos previstos, com comissão formada e banca definida). Se está começando a estudar, priorize os que continuam na fase de previsão, já que terá mais tempo para se preparar.

Nada te impede de fazer as provas que tem banca definida para obter experiência, sabendo que a chance de aprovação é baixa.

Especificamos os cargos que pode exercer sendo um concurseiro de TI, bem como a remuneração e as matérias que foram cobradas no último edital e também falamos algumas dicas de onde estudar para esse concurso e como deve conciliar o estudo para duas provas.

Agora, se tem dúvida se esses concursos são os ideais para você, conheça os concursos policiais, guarda civil e PRF. Eles pertencem a outra área e têm uma renda alta. Talvez atendam suas expectativas.

Rolar para cima
Pesquisar

Navegue

Siga-nos

Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Polí­tica de Privacidade.