terça-feira, junho 18, 2024

Mestrado em Portugal: quais as melhores universidades

Faça um mestrado em Portugal e transforme suas experiências qualificando seu currículo.

(Atualizado)

Para muitos, fazer um mestrado no exterior é a realização de um sonho, mas que exige planejamento. É importante se informar de todos os passos para que se torne ainda mais simples todo o processo.

Algumas pessoas já estão exercendo uma profissão remunerada, porém, muitas delas com salários baixos e fora da sua área de formação. Por isso, muitos brasileiros desejam fazer mestrado em universidades europeias, com o intuito de alavancar sua carreira profissional.

Todavia, um passo importante na vida de muitos brasileiros. O destino da maioria deles são cidades Portuguesas. No entanto, não é apenas pelo preço dos cursos, mas também pela vantagem de ter um mestrado internacional.

Mestrado em Portugal vale a pena?

Mestrado em Portugal. Lisboa é um ótimo lugar para se viver.
Cidade de Lisboa. Imagem: Ilustrativa.

A realização do mestrado em Portugal vale muito a pena, primeiramente, por não haver distinção entre estudantes nacionais e internacionais. A candidatura para mestrado é mais simples do que no processo de licenciatura. Além de ser mais barato.

A princípio o candidato deve estar a par das informações, como por exemplo, a documentação. Uma vez que para se candidatar é preciso, entre outras coisas, validar seu diploma e ter grande dedicação nos estudos.

É importante ressaltar que não existem atalhos, então, é necessário ter muita paciência. Use seu tempo para visitar os sites das diferentes universidades que oferecem mestrado, bem como, ler com atenção os editais.

Além disso, priorize o planejamento para sua viagem seja tranquila e não falte nada quando chegar em Portugal. Como cada universidade tem um tipo de processo de seleção, é importante entrar em contato com cada uma delas, seja pelo site, e-mail ou através do telefone. Para obter melhores informações veja a lista das melhores universidades de mestrado no pais.

➥ Lista de Universidades com Mestrado em Portugal

1. Universidade de Autónoma de Lisboa

A proposta para a candidatura do mestrado na Universidade de Autónoma deve ser elaborada até ao final do mês de abril de cada ano letivo. Isso porque, o retor precisa fazer uma avaliação antecipadamente.

Logo após isso, você deve acessar o site da UAL, pois, é lá que será publicado todos os ciclos de estudo referentes a mestre e doutor.

Pelo site o candidato tem acesso ao número e data do registo, data de acreditação, prazo, condições e o número máximo de vagas oferecidas para o mestrado na instituição.

Os estudantes que fizerem a inscrição para mestrado ou doutorado devem formalizar a sua candidatura preenchendo assim uma ficha de identificação. Além de estarem portando os seguintes documentos: a cópia autenticada do certificado dos diplomas e o curriculum vitae de acordo com o modelo europeu.

✎ Cursos:
  • Mestrado de Comunicação Aplicada;
  • Direito;
  • Engenharia Informática e de Telecomunicações;
  • Gestão de Empresas;
  • História, Arqueologia e Patrimônio;
  • Psicologia Clínica e de Aconselhamento;
  • Relações Internacionais.

2. Universidade de Beira Interior

A Universidade da Beira Interior é uma instituição de nível internacional. Contudo, oferece grande incentivo aos estudantes de outras nacionalidades, inclusive os brasileiros.

As instalações têm laboratórios de qualidade, para que os estudantes possam desenvolverem seus projetos da melhor maneira possível.

De acordo com o site a universidade acolhe mais de 8000 alunos, e atualmente oferece mais de 31 cursos de graduação, mestrado e doutorado.

Documentos necessários para a candidatura:
  • Documento de identificação pessoal e/ou passaporte,
  • Curriculum Vitae,
  • Diploma ou Certidão de Conclusão da graduação, com média final;
  • Certificado das unidades curriculares e classificação.

Taxa de candidatura: Valor: 15€ 

Cursos:

Seleção 2020/21

  • Bioengenharia;
  • Bioquímica;
  • Biotecnologia;
  • Branding e Design Moda;
  • Ciência Política;
  • Ciências Biomédicas;
  • Cinema;
  • Comunicação Estratégica: Publicidade e Relações Públicas;
  • Curso de Design e Desenvolvimento de Jogos Digitais;
  • Design Industrial, Design de Moda e Design Multimédia;
  • Economia;
  • Empreendedorismo e Criação de Empresas, Empreendedorismo e Inovação Social;
  • Engenharia e Gestão Industrial, Engenharia Eletromecânica, Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, Engenharia Informática;
  • Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário, Ensino de Filosofia no Ensino Secundário, Ensino de Física e Química do Ensino Básico e no Ensino Secundário, Ensino do Português do Ensino Básico e Ensino Secundário e de Espanhol nos Ensinos Básico e Secundário;
  • Estudos de Cultura;
  • Estudos Lusófonos;
  • Gestão;
  • Gestão de Unidades de Saúde;
  • Jornalismo;
  • Marketing;
  • Optometria em Ciências da Visão;
  • Psicologia Clínica e da Saúde;
  • Química Industrial;
  • Relações Internacionais;
  • Sistemas de Informação Geográfica;
  • Sociologia: Exclusões Políticas e Sociais.

3. Universidade de Coimbra

A Universidade de Coimbra oferece ao candidato brasileiro três categorias para cursos em Portugal, as licenciaturas, mestrados e doutorados. Para de candidatar acesse: Candidatura para Mestrado em Portugal Coimbra.

A Universidade de Coimbra (UC) oferece os seguintes cursos para mestrado em Portugal:

Cursos:

1. Faculdade de Letras (FLUC)

  • Ciências da Informação;
  • Comunicação e Jornalismo;
  • Estudos Anglo-Americanos, Artísticos, Clássicos, Germânicos, Românicos;
  • Filosofia;
  • Geografia;
  • História;
  • Turismo e Patrimônio.

2. Faculdade de Direito (FDUC)

  • Direito e Administração Pública.

3. Faculdade de Medicina (FMUC)

  • Medicina e Medicina Dentária.

4. Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCTUC)

  • Antropologia;
  • Arquitetura;
  • Bioquímica;
  • Botânica;
  • Ciências da Terra;
  • Engenharia Civil;
  • Engenharia Eletrotécnica e de Computadores, Engenharia Informática, Engenharia Mecânica, Engenharia Química e Física;
  • Física;
  • Matemática;
  • Química e Zoologia.

5. Faculdade de Farmácia (FFUC)

  • Ciências Farmacêuticas.

6. Faculdade de Economia (FEUC)

  • Economia;
  • Gestão;
  • Relações Internacionais e Sociologia.

7. Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação (FPCEUC)

  • Ciências da Educação;
  • Psicologia e Serviço Social.

8. Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física (FCDEFUC)

  • Ciências do Desporto e Educação Física.

9. Colégio das Artes (CA)

  • Artes e estudos curatoriais.

Requisitos de candidatura

No momento da candidatura para mestrado em Coimbra o estudante deve estar cientes dos requisitos. Então, após escolher o mestrado, leia com bastante atenção o edital para o curso que pretende se candidatar!

Além disso, o estudante pode fazer a candidatura de modo online através do link: >>  candidaturas online da Universidade de Coimbra 

3. Universidade do Minho

A Universidade do Minho também é uma ótima opção para o mestrado em Portugal. No entanto, os candidatos internacionais podem fazer o processo de sua candidatura online através do site >> candidatura online.  

Cursos:

  • Arquitetura;
  • Ciências;
  • Economia e gestão;
  • Engenharia;
  • Medicina;
  • Psicologia;
  • Ciências Sociais;
  • Letras e Ciências Humanas;

4. Universidade do Porto

Os estudantes internacionais têm diversas oportunidade de mestrado na Universidade do Porto. Sobretudo, uma experiência valiosa em Portugal, sendo que o mestrado na instituição oferece mais de 141 cursos para o estudante internacional.

Mais universidades para mestrado…

Diferenças acadêmicas entre Brasil e Portugal

Imagem: Ilustrativa

As universidades em Portugal são de certo modo diferentes das brasileiras. No entanto, elas são separadas por áreas de atuação, mas a principal diferença pode estar no ano letivo. Uma vez que as instituições portuguesas seguem o padrão europeu.

Sendo assim, em Portugal o início do ano letivo ocorre no mês de setembro. Além disso, o primeiro semestre acaba em janeiro, mas tem a parada para comemoração das festas do final de ano. Por sua vez, o segundo semestre tem início em fevereiro e acaba em junho.

Alguns alunos optam por estudar em universidades públicas durante sua estadia em Portugal. Mas, há mais uma diferença entre as universidades públicas e privadas no país. Verifique isso, pois, as universidades públicas também são pagas em Portugal.

Valores dos cursos

Nesse sentido, dependendo da universidades as anuidades chegam ao valor de mais de €1.100.

O valor pode ser pago no início de cada ano. No entanto, para quem deseja pagar tudo de uma vez o valor sofre uma queda de até 10% de desconto. Porém, o que muitos estudantes fazem é dividir esse valor durante os semestres.

Para quem deseja realizar o mestrado em Portugal em uma instituição particular é importante que fique ciente dos preços, então faça uma pequisa.

O grande diferencial de Portugal em relação ao Brasil é que não existe uma prova para ter acesso a universidade em um mestrado. Além disso, não é necessário um projeto de pesquisa para ser aprovado.

Em outras palavras, isso significa que qualquer um pode fazer seu mestrado em Portugal, como se estivesse estudando aqui do Brasil.

Como pode perceber, a princípio, tudo é enviado por meio de uma plataforma diretamente no portal de algumas universidades. Sendo assim, a apresentação dos documentos originais pode ser feita assim que for aprovado para o mestrado.

Como iniciar o processo do mestrado

Passo 1

Verifique através dos sites de cada universidade qual o processo para a candidatura. Confira quais os documentos necessário e os valores correspondentes da taxa.

Passo 2

A inscrição é feita online, então, você não precisa estar em Portugal para se candidatar, ou seja, só acessar o site. E,verifique a data para a candidatura, pois, cada curso tem seu período de inscrição. Para isso, acesse o site da universidade que pretende e confira as datas!

Passo 3

Será disponibilizado um pre-registro onde você, aluno, pode acessar o portal do aluno e acompanhar a inscrição. É através do portal do aluno que fará a candidatura em algumas universidades.

Passo 4

É hora de reunir os documentos. Vamos lá?

  • Diploma de graduação;
  • Histórico Escolar, conteúdo programático das disciplinas do curso com a nota final;
  • Ficha de inscrição;
  • Pagamento da taxa de inscrição.
  • Currículo Vitae detalhado (à moda europeia).
  • Carta motivação;
  • Documento de identificação passaporte e CPF (caso esteja no Brasil), número do contribuinte ou cartão cidadão (caso esteja em Portugal)
  • Cópia do passaporte.

Passo 5

Agora é hora de esperar pela entrevista que geralmente é feita através do Skype. Algumas universidades pedem também um portfólio para o candidato.

Passo 6

A candidatura sendo aceita o estudante pode fazer a matrícula e aplicá-la para o visto de estudante.

Como esse processo é antecipado o aluno terá em média mais de 3 meses para se preparar para a viagem.

Pode trabalhar e estudar?

A aprovação do mestrado garante um visto de residente, portanto, com esse visto é possível trabalhar em Portugal.

Mas, somente depois de 6 meses residindo no país poderá solicitar a autorização para trabalhar de forma legal.

Morar em Portugal

Bonde na cidade de Lisboa, Portugal.

A partir disso tudo, é hora de pensar em sua estadia em Portugal! Muitos estudantes partem para o reagrupamento familiar, veja como funciona!

➠ Reagrupamento Familiar

Para quem deseja se mudar com a família para Portugal, saiba que é possível solicitar um pedido de reagrupamento familiar. Então, isso significa que você e sua família podem se mudar para Portugal legalmente.

O reagrupamento familiar oferecido pelo governo legaliza a estadia da família do titular no país durante todo o tempo do mestrado, ou seja, até sua conclusão.

Quem pode fazer o pedido?

O titular com visto de estudante pode levar a família para Portugal. Mas, quem é considerado membro da família?

São considerados membros de família:

  • O cônjuge;
  • Os filhos;
  • Os ascendentes na linha reta e em 1.º;
  • Os irmãos menores, sob tutela do residente;
  • O parceiro que mantenha, em território nacional ou fora dele, uma cidadão de união comprovada nos termos da lei (há mais de 2 anos);
  • Filhos solteiros menores ou incapazes;
  • Filhos adotados do parceiro legalmente confiados.

Para solicitar acesse o site!

Estudar e viver em Portugal

Os estudantes que escolhem morar em Portugal, geralmente, buscam locais próximos das Universidades. Sobretudo, a maioria desses estudantes procuram por pessoas que também estejam estudando para dividir as despesas durante todo o mestrado.

Frequentemente os estrangeiros fazem isso para evitar maiores gastos. A pesquisa por pessoas para dividir é feita através de páginas e grupos no Facebook.

Nesse sentido, é bom lembrar que os dormitórios das universidades portuguesas são pagos e não funcionam como no Brasil. Mas, pode ser uma boa opção também!

Do mesmo modo, morar em cidades europeias é sinônimo de qualidade de vida e segurança. Além disso, dependendo da cidades portugue que irá morar o custo de vida é razoáveis.

Quais são os principais gastos para mestrado em Portugal?

Residência

O estudante gastará com residência, despesas de água, luz, gás, internet, televisão entre outras coisas.

Alimentação

O estudante também terá gastos que inclui o almoço e jantar, ou seja, mais um gasto para seu planejamento!

Transportes públicos

Em algumas universidade o passe mensal para estudantes pode ser solicitado, verifique como funciona.

Material escolar

Livros, cadernos e apostilas.

Atenção: Para o brasileiros com descendência portuguesa os cursos podem chegar ter ate 50% de descontos.

Período das inscrições

Por fim, para quem deseja fazer um mestrado em Portugal, é importante que fique atento ao período das inscrições. Uma formação de qualidade em outro país acrescenta e muito o currículo.

Leia também: GRE: Exame de avaliação para graduação no exterior

Esperamos ter ajudado, mas caso ainda tenha dúvidas, deixe um Comentário!

Rolar para cima
Pesquisar

Navegue

Siga-nos

Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Polí­tica de Privacidade.