sábado, junho 22, 2024

Plano de estudo: faça um cronograma eficiente com horários

Plano de estudo

Fazer um plano de estudo pode ser a chance de se dar bem em em concurso público, ou qualquer avaliação. Sobretudo, vamos aprender como fazer um cronograma perfeito com todas as matérias e horários disponíveis que seja eficiente.

Existem diversos métodos de estudo para a preparação para provas de concursos, mas o primeiro passo é separar nosso material como apostilas, livros, e-Books e PDF.

Além disso, devemos organizar melhor todo esse material para não cometer alguns erros graves na hora do planejamento. Não podemos perder tempo separando o material toda a vez que o iniciamos o estudo. Então é necessário manter o foco!

Para isso, devemos organizar um cronograma de estudo planejado, com matérias primordiais referentes ao conteúdo. Através desse plano de estudo temos a garantir de eficiência na hora da prova.

Como montar um bom plano de estudo que seja eficiente?

Certamente, você já deve ter se sentido perdido ao iniciar seus estudos; acontece com todo mundo. Embora muitas pessoas consigam passar em um concurso público e garantir uma vaga, com você parece ser diferente, pois não consegue chegar a lugar nenhum.

A hora da avaliação chega e muitos não conseguiram estudar nem metade do conteúdo. Portanto, venha conosco e aprenda como criar um cronograma eficiente e um plano de estudo que te levará a classificação.

Quando conseguimos organizar melhor o material em uma planilha temos mais tempo para nos concentrar no que verdadeiramente interessa, e chegamos à aprovação. Organizando seus horários de acordo com o tempo disponível que tem, alivia o estresse e sobra mais tempo para estudar.

Além disso, é de suma importância compreender como funciona a curva do esquecimento em seu cérebro. Pode ter absoluta certeza que terá mais eficiência na hora da memorização. O primordial para quem estuda é alcançar o objetivo de aprovação.

Veja todos os passos para criar um plano de estudo

Plano de estudo: faça um cronograma eficiente com horários
Imagem (Ilustrativa)

1. Analise todo material de estudo

Assim que sair o edital, ou se conseguir antes, já separe todo o material e confira o que está faltando. Geralmente, o que muitos candidatos fazem é deixar esse plano de estudo para quando a data da prova sair.

No entanto, muitas vezes essa data tem espaço de tempo muito curto, certamente não conseguirá estudar tudo que planejou. Neste caso, o que a maioria dos concurseiros fazem e não se organizam corretamente, e com isso não conseguem chegar a lugar algum.

De fato, não é algo simples, pois existem concursos com diversas matérias. Todavia, é preciso tempo para estudar todo o conteúdo, ou seja, fazer o cronograma com a prova já agendada provavelmente não dará tempo.

Mas, sabe como isso é possível? Através de um bom plano de estudo. Pois bem, nada de se enfiar nos livros sem antes se organizar, analisar o material e priorizar seu tempo restante para estudar.

Aconselhamos que faça isso antes da data da prova estar agendada. Pegue as avaliações anteriores e separe as matérias! Caso tenha alguma alteração de conteúdo, terá tempo de se atualizar.

✔ Indicamos o site coursera.org para se organizar nas matérias de língua portuguesa!

2. Faça o plano de estudo de acordo com a curva do esquecimento

Um dos erros mais recorrentes que os concurseiros cometem é pegar o conteúdo e estudar tudo de uma só vez. Na maioria das vezes os estudantes pegam uma matéria especifica e estuda ela até o fim. Eis aqui um erro grave, pois, de acordo com a “curva do esquecimento”, isso não funciona.

A princípio, existem fatores comprovados de que estudar infinitamente um conteúdo de uma só vez nos impede que seja absorvido por nossa mente. Isso por conta da curva do esquecimento, sobretudo, é preciso entender como ela funciona para que trabalhe a nosso favor.

Sendo assim, o melhor a fazer é pegar uma matéria por vez e com pausas, revisões e exercícios, tentar memorizá-la na mente 100%. É preciso dar intervalos a mente, para que ela consiga absorver, além de fazer revisões diariamente. Assim não será pego de surpresa na prova com os famosos brancos que ocorrem mesmo quando estudamos bastante.

3. Não tente absorver tudo de uma vez só

Quando estamos estudando uma matéria, a melhor atitude a fazer é ir por etapas. Jamais estude de uma só vez, pois assim não conseguirá absorver grande parte do conteúdo.

Certamente, você já esteve em uma prova onde lê a questão, já viu sobre aquele assunto, mas infelizmente não consegue se recordar de nada. Então, isso acontece por não ter estudado da maneira correta.

Antes de indicarmos um plano de estudo, separe as matérias em partes para estudá-las a cada uma ou duas horas no máximo.

4. Cronograma de estudo para priorizar as matérias

Bom, já vimos que pegar e consumir todo o conteúdo não vai adiantar para seu estudo. Vimos que nosso cérebro precisa absorver de maneira correta e com pausas para descansar. Um plano de estudo deve ser programado para que a memorização seja eficaz.

Uma vez que devemos sempre relembrar com revisões, além de fazer revisões semanais e mensais de tudo que foi estudado. Fazendo dessa forma o conteúdo fica fixado em nossa mente com mais eficiência e rapidez.

Programe seu cronograma com uma hora de estudos de certa matéria, descanse por 10 a 15 minutos e retome seu cronograma.

5. Plano de estudo em ação

  • Primeiro passo – Através da planilha de estudos separe as matérias por dias da semana. Lembre-se, intercale matérias em relação aos horários disponíveis para estudar. Nunca estude horas e horas uma única matéria, pois não dará certo! Leia esse conteúdo no horário marcado da seguinte forma: Pegue uma matéria e leia com bastante atenção. Sobretudo, seu cérebro irá absorver somente 10% do que foi lido. Então, vamos fazer com que ele absorva mais?
  • Segundo passo – Escute o que estudou no dia seguinte, leia novamente em voz alta, isso seria a revisão. Então escute tudo o que estiver lendo.
  • Terceiro passo – Pergunte-se sobre o conteúdo. Isso mesmo, faça perguntas sobre o que leu e ouviu, escreva as respostas e faça debates. Você pode usar um membro de sua família para te ajudar. Dessa forma, forçará seu cérebro a lembrar de tudo que leu, ouviu e se questionou. Nesse ponto, conseguirá que mais de 60% do conteúdo seja memorizado.
  • Quarto passo – Escreva rascunhos sobre o conteúdo com mínimo de palavras que puder e em pequenos papeis. Agora deixe-os em lugares estratégicos para ler quando se esquecer de algo, se acaso esquecer.
  • Quinto passo – Pois bem, chegou a hora de se auto explicar. Pegue o conteúdo, suas anotações e “dê” aula dessa matéria. Então, explique a você mesmo tudo que estudou durante a semana, e lembre-se de usar a planilha de estudos para se orientar. Agora que aprendeu a maneira correta, vamos preparar uma planilha eficiente e organizada!

Faça uma planilha de estudos

Coloque todas as matérias em foco, distribua os horários, conforme seu tempo disponível. Coloque horas a mais para conteúdo que tem dificuldade.

Só para ilustrar, caso seja ruim de matemática, comece seu dia estudando essa matéria. Isso porque de manhã, assim que acordamos estamos com a mente estará mais fresca e absorvermos mais facilmente. Distribua entre 1 e 2 horas, com espaços de tempo para ler os resumos, fazer revisões, exercícios e descansar.

Preparamos uma planilha de estudos para download. É um exemplo simples para se organizar. Deixe um comentário caso tenha dúvidas e boa sorte!

Rolar para cima
Pesquisar

Navegue

Siga-nos

Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Polí­tica de Privacidade.