terça-feira, junho 18, 2024

Concurso Oficial de Justiça RS: 300 vagas e escolha da banca

Concurso Oficial de Justiça RS

Tribunal de Justiça confirma a abertura do edital para preenchimento de carreiras de concurso Oficial de Justiça e Assistente Social.

A preparação para Concursos do Tribunal da Justiça é algo que rende muito esforço, visto que a remuneração já de início é de salários acima da média. O Concurso Oficial de Justiça Rio Grande do Sul segue com uma ótima notícia para os concurseiros de plantão.

O órgão está à espera da escolha da banca organizadora para dar início a abertura das mais de 300 vagas disponíveis para concurso público. Todavia, os 300 cargos carecem de trabalhadores para regiões do sul do país.

De modo que, mesmo com a carência de tais cargos, ainda não se tem a previsão para data do edital. Sabe-se que a maior necessidade é para a carreira de Oficial de Justiça (PJH) e Oficial de Justiça classe “O”. O cargo que é exigido somente o Ensino Médio, tem carência é de mais 275 vagas para a ocupação. Sobretudo, isso atiça ainda mais todos que buscam estabilidade e bons salários.

 Concurso Oficial de Justiça cargos em carência de profissionais

De acordo com o relatório feito, além de Oficial de Justiça o cargo de Assistente Social Judiciário também está dependente de trabalhadores. Portanto, é bom ficar atendente, pois o Edital para o concurso Oficial de Justiça sairá em breve. Lembrando que para o cargo de Assistente Social é necessário Ensino Superior.

A saber, os candidatos que já vinham se preparando para concursos no meio jurídico, essas duas oportunidades se aproximam para ainda este ano, portanto fique atento as notícias. Mesmo com esse número de vagas em carência para Oficial de Justiça, devemos ter atenção, pois provavelmente a convocação será de maior número.

Pois, em conformidade com uma nota do Tribunal de Justiça, o órgão afirmou que serão mais vagas a serem preenchidas. O concurso tem validade, segundo editais anteriores, de dois anos, podendo ser acrescido por mais dois. 

Cargo de Oficial de Justiça: Salário e função

O cargo de Oficial de Justiça é bastante almejado, pois o salário é bom e compreende uma carreira de sucesso nos tribunais brasileiros. Conhecido também como “mão do Juiz” o Oficial de Justiça exerce algumas funções primordiais, uma vez que importantes para o andamento da justiça.

Conforme descrito, o Oficial de Justiça recebe a nomeação através de concurso público. Embora seja exigido somente o Ensino Médio para ingressar na carreira, em alguns estados é necessário ter bacharelado em Direito.

Salário do oficial

A remuneração correspondente ao Oficial de Justiça é variada, pois depende do estado em que irá trabalha e a disposição do cargo, do mesmo modo que o nível de escolaridade na hora de se candidatar para as vagas. Portanto, o salário vai depender em qual será a lotação e com isso o valor estipulado.

De acordo com uma nota divulgada pelo Sindicato de Oficiais de Justiça de Minas Gerais os salários para o Estado de São Paulo estão em torno de R$ R$5,023, mas em algumas regiões podem ser mais altos. No entanto, um dos mais altos fica no Paraná com uma remuneração equivalente a R$ 8.550,03.

Confira as atribuições exercidas pelo Oficial de Justiça

  • Executa as ordens do Juiz;
  • Entrega mandatos, Citações, intimações;
  • Fazer penhoras;
  • Fazer prisões;
  • Reintegrações de posse de bens móveis e imóveis;
  • Imissões de posse;
  • Manutenções de posse;
  • Buscas e apreensões de bens e de pessoas;
  • Arrestos;
  • Despejos compulsórios;
  • Sequestros;
  • Conduções coercitivas;
  • Separações de corpos;
  • Nunciações de obra nova.

Conforme o artigo 154 que demostra as funções do Oficial, só para ilustrar veja a baixo o diz esse artigo:

Incumbe ao Oficial de Justiça:

I – fazer pessoalmente citações, prisões, penhoras, arrestos e demais diligências próprias do seu ofício, sempre que possível na presença de 2 (duas) testemunhas, certificando no mandado o ocorrido, com menção ao lugar, ao dia e à hora;

II – executar as ordens do juiz a que estiver subordinado;

III – entregar o mandado em cartório após seu cumprimento;

IV – auxiliar o juiz na manutenção da ordem;

V – efetuar avaliações, quando for o caso;

VI – certificar, em mandado, proposta de autocomposição apresentada por qualquer das partes, na ocasião de realização de ato de comunicação que lhe couber.

Parágrafo único. Certificada a proposta de autocomposição prevista no inciso VI, o juiz ordenará a intimação da parte contrária para manifestar-se, no prazo de 5 (cinco) dias, sem prejuízo do andamento regular do processo, entendendo-se o silêncio como recusa.

Cargo de Assistente Social: Salário e função  

Segundo o Conselho Federal de Serviço Social o cargo de assistente social compreende uma carreira também bastante almejada. Portanto, fazer um concurso para Assistente Social é uma conquista para muitos concurseiros. O salário gira em torno de R$5.000,00 (cinco mil reais) até R$6.000,00 (seis  mil reais).

Ficou alguma dúvida fale conosco! Veja também: Método de estudo eficaz. Confira onde conseguir material atualizado!

Rolar para cima
Pesquisar

Navegue

Siga-nos

Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Polí­tica de Privacidade.