quinta-feira, maio 30, 2024

08 Financiamentos Para Pequenas Empresas

financiamentos para pequenas empresas

Antes de mais nada, para quem busca por financiamentos para pequenas empresas é bom que entenda todos os modelos de empréstimos de diferentes valores que os bancos estão acostumados a oferecerem.

Além disso, é muito bom que veja que os financiamentos para pequenas empresas são diferentes para cada situação e por isso merece toda atenção necessária para que escolha a melhor para seu negócio.

Sendo assim, se também está ansioso para conhecer mais sobre os principais motivos de usar financiamentos para pequenas empresas com segurança e praticidade, fique até o final desse artigo e se surpreenda.

Financiamentos para pequenas empresas: Veja as 8 exemplos

Afinal de contas, você tem noção de quais são os estilos de financiamentos para pequenas empresas e como cada um desses modelos funcionam na prática para que peça o ideal para seu negócio? Pois bem, se essa é uma de suas dúvidas, tenha certeza que está no lugar certo.

Ter conhecimento de quais são esses modelos da melhor maneira possível é uma das formas que mais chama atenção de novos empreendedores que buscam por oportunidades de conquistar um bom dinheiro em pouco tempo.

Isso sem contar que no momento que falamos sobre financiamentos, é muito comum que veja termos relacionado a empréstimos que são, no fundo, a mesma coisa. E por isso, a seguir, separarmos 8 modelos de financiamentos para pequenas empresas que são comuns nos mais variados bancos do mercado financeiro e que compensa conhecer, como por exemplo:

1. Empréstimo pessoal

Em primeiro lugar dessa lista temos a disposição um dos maiores e melhores segmentos do mercado financeiro é o emprestimo/financiamento pessoal sendo destinado para pessoas físicas. E apesar de não ser uma opção própria para empresas, nada impede você de usar o valor para abrir um novo empreendimento na área que quiser.

No caso, nessa categoria em especial, o cliente em si não precisa dar bens como garantia ao financiamento e isso economiza muita burocracia na hora da aprovação. Aliás, justamente por conta dessa facilidade, as tarifas e juros costumam ser mais altas que outras modalidades que tenham algum bem como garantia. Pois é, nem tudo são só vantagens.

Contudo, é bom que saiba que o banco analisa o perfil do cliente para diminuir ainda mais o risco de calote e por isso é considerado um dos créditos mais instáveis na hora da aprovação, já que depende de outros fatores também.

2. Empréstimo com garantia – Melhores financiamentos para pequenas empresas

Por outro lado, mais um dos financiamentos para pequenas empresas que mais se encaixam no perfil de vários empreendedores que buscam por empréstimos com as melhores taxas do mercado.

Isso acontece por conta do fato de que ter algum bem para dar como garantia, seja carro ou casa, os valores das tarifas caem muito e isso faz com que realmente seja uma dos melhores meios de investimento para PF e PJ.

Em todas as situações, caso você não pague as parcelas corretamente, o banco em si tem a possibilidade de acessar o bem oferecido como garantia para quitar o que está devendo. É justamente por causa dessa segurança que as taxas costumam ser bem mais baratas do que outras categorias.

É bom que saiba que mais um ponto que chama atenção nessa modalidade é o valor disponível aos empreendedores que buscam por bons financiamentos. Em resumo, o montante disponibilizado é proporcional ao valor do carro ou da casa oferecido como garantia. No caso do carro o cliente consegue por volta de 80% do valor completo. Já o percentual do casa fica por volta dos 60%.

Obviamente que essas mudanças de porcentagens dependerá exclusivamente de cada banco que escolher para fazer seu financiamento. Mas, é bom que saiba que essas vertentes tem uma lei a seguir descrita pelo Banco Central que não foge muito dessas porcentagens.

3. Crédito para capital de giro das empresas

Seguindo essas informações em busca de bons financiamentos para pequenas empresas, o capital de giro nada mais é que um desses modelos de crédito que o dinheiro direcionado para pagar as despesas do dia a dia do negócio.

E nessa categoria entra muitos gastos comuns que as vezes, por falta de uma boa gestão, passa desapercebido. Que é aluguel, água e força e assim por diante. É um bom crédito para pequenas empresas se manter ativas ou até mesmo se reerguerem.

4. Fundo de Aval para Micro e Pequenas Empresas

Mais um dos modelos disponíveis é oferecidos pelo FAMPE com informações no site oficial https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/fampe) que nada mais é que um programa do Sebrae para ajudar o acesso ao crédito de pequenos empresários (MEI, MPE e EPP).

De uma maneira resumida, ele funciona de uma maneira bem simples, que no caso de você procurar uma empresa conveniada ao FAMPE e os recursos desse crédito usados como garantia complementar. E na prática, o Sebrae trabalha como uma espécie de avalista.

Exemplos de Financiamentos para Pequenas Empresas
Exemplos de Financiamentos para Pequenas Empresas (Fonte: Unsplash)

5. BNDES Crédito – Financiamentos para pequenas empresas

No entanto, o famoso Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) é uma empresa pública federal. Que age para estimular a economia de todo o Brasil. E esse incentivo é feito por meio de crédito e financiamento de longo do tempo para negócios de vários portes e segmentos que compensa conhecer.

Aliás, é bom que saiba que tem a disposição até uma linha de crédito específica para pequenas empresas dentro desse banco. Que é um dos motivos pelo qual esse banco está acessível dentro dessa lista.

Nesse caso, dá para financiar os investimentos fixos, pré-operacionais, capital de giro, aquisição ou até mesmo a fabricação de equipamentos. Juntamente com exportação e importação que estão acessíveis a todas as pessoas. O prazo completo de pagamento muda de 12 a 60 x e você pode ter até 2 anos de carência em todo o processo.

6. Financiamento coletivo para empresas variadas

Sabe aquela famosa “vaquinha” que muitos conhecem? Pois bem, foi melhorada e nos dias de hoje também conhecida como crowdfunding ou financiamento coletivo. Mas a grande questão aqui é que a ideia continua sendo a mesma no fim das contas. Que é juntar dinheiro para fazer alguma coisa em sua empresa.

Nesse caso, você cadastra a sua ideia em uma plataforma de crowdfunding digital. Coloca o valor que precisa e divulga o link para amigos, familiares, clientes, empresários e por aí vai.

Mas como se trata de contribuições, sendo extremamente necessário usar e abusar da criatividade para melhorar ainda mais a vida das pessoas. É muito importante que ofereça brindes e recompensas interligadas ao negócio para quem topar participar.

7. Investidores-anjo – Financiamentos para pequenas empresas

Por outro lado, o investidor-anjo nada mais é que uma pessoa física ou um grupo que possuem experiências no mercado. Além do mais, essas pessoas tiram dinheiro do próprio bolso para investir e aplicar todo seu conhecimento para fazer uma empresa ser conhecida.

Esse estilo é muito conhecido para aqueles que já assistiram ao programa de TV “Shark Tank”, sabe muito bem como isso funciona. De uma maneira geral, para conseguir esse tipo de apoio, existe a necessidade de ter uma ideia muito boa. E um plano de negócios firme com estudos de mercado e previsão de lucros.

8. Cooperativas de créditos

Para concluir essa listagem dos melhores financiamentos para pequenas empresas disponíveis em vários bancos, temos acessível também o modelo da Cooperativa de crédito que nada mais é do que uma associação de pessoas. As quais buscam especialmente por meio da ajuda de ambos os lados, uma melhor gestão dos recursos financeiros.

Em contrapartida, existe uma diferença significativa em relação ao sistema do banco que escolher. E por isso é importante que analise essas informações através da financeira que escolher para que não tenha problemas no futuro.

Geralmente, todas as tarifas de juros também são menores que outros modelos de crédito que já mencionamos nesse artigo. Isso ajuda muito na hora da inclusão de pessoas com recursos limitados especial para micro empreendedores.

Isso sem contar que mais um ponto de destaque é que as cooperativas de crédito não usam ao lucro. Sendo assim, todo o dinheiro que sobra dividido entre os participantes ou, então, reinvestido na própria financeira.

Como funcionam esses financiamentos na prática?

De uma maneira bem simples, essas inovações por meio dos financiamentos para pequenas empresas funcionam de maneira bem pratica e que compensa muito conhecer. Ainda mais por conta de que cada banco trabalha de um jeito e por isso os serviços oferecidos são variados.

Na pratica, tudo o que manda é o valor que você quer e o estilo de crédito que precisa e depois disso, tudo ficará nas mãos das analises de cada uma das financeiras que escolher durante o processo. Esse crédito vem para sua conta e você fará o que precisar para que melhore seus negócios.

Portanto, já que tudo depende do banco que escolhe, é fato que realmente definir um bom banco que proporciona serviços que supram as necessidades empresariais mesmo que esteja no inicio, é muito importante.

Então sim, o funcionamento desse crédito é simples só que depende das circunstancias que está sua empresa. Também das ofertas que as financeiras oferecem para determinada ocasião. Fique esperto com esses detalhes que todo o resto fica ainda mais simples de conquistar e alavancar seu negócio da melhor maneira possível.

Importância dos financiamentos para as micro e pequenas empresas?

Antes de qualquer coisa, realmente aprender mais sobre qual a verdadeira importância desses financiamentos para pequenas empresas é algo que fará você ver o mundo financeiro de outras maneiras nessas situações.

Um exemplo disso que vale a pena conhecer é justamente o fato de que tudo tem um começo. Ou seja, grandes empresas hoje, lá atrás, foram empresas iniciais, com fachadas não tão chamativas e até mesmo produtos não tão bons como hoje.

Pensando por esse lado, um dos pontos que chama atenção é que esses valores de empréstimos e financiamentos surgiram justamente para que suprisse as necessidades financeiras das empresas. E de certa maneira, contribuísse para que o crescimento dessas empresas for certeiro.

Sendo assim, é fato que a maior importância que um financiamento como esse para uma empresa inicial terá é justamente manter ativa e crescer ainda mais com qualidade e inovação.

Nos dias de hoje existem outros meios de usar esse dinheiro também. Um dos mais conhecidos é na área do marketing e publicidade das empresas para que mais pessoas tenha acesso aos serviços incríveis e inovadores que precisavam e nem sabia que tinha.

Essa estratégia é excelente para aumentar ainda mais os ganhos das empresas. E, consequentemente, pagar os financiamentos e empréstimos desse investimento inicial com mais praticidade.

Como fazer um financiamento sem prejudicar a saúde financeira da empresa?

Uma das dúvidas mais recorrentes sobre essas empresas que precisam de crédito é encontrar alguma maneira que não prejudique ainda mais a saúde financeira do negócio com contas altas.

Ao pedir um dos financiamentos para pequenas empresas que o mercado oferece, é fat5o que muitas pessoas pesquisam inicialmente apenas as vantagens que eles oferecem. Mas não é bem esse o caminho certo.

Uma maneira de ajudar a encontra um bom crédito que não prejudique ainda mais sua saúde financeira na área PJ. É ter claro quais são suas dívidas e como você faz para pagar todas elas. Ou seja, uma boa gestão faz completamente diferença na hora de evitar prejuízos nesse seguimento.

Por outro lado, essa gestão feita especialmente para pessoas que buscam melhoras é necessário que seja completamente sincero. E coloque em suas planilhas realmente tudo o que gasta por mês. Isso obviamente inclui até as balas que se compra com o dinheiro da empresa.

Essa gestão no fim das contas fará com que tenha base completa do que está gastando. O que não precisava estar ali naquela lista e o valor real que pedirá no financiamento para que supra suas necessidades.

Depois de todo esse processo, fica bem complicado ser prejudicado já que tem todas as informações que precisa especialmente em suas mãos. Por isso compensa muito agir dessa maneira e evitar problemas no futuro.

Conclusão

Por fim, depois de tantos detalhes importantes sobre os modelos de financiamentos para pequenas empresas que os bancos geralmente oferecem, percebemos que todos são acessíveis para diferentes estágios do negócio. E isso realmente faz a diferença na vida de novos empreendedores.

É fato que grande parte das financeiras do mercado nos dias de hoje oferecem serviços de alta qualidade para PF e PJ com tudo que precisa para alavancar seus negócios, e isso inclui o começo de tudo.

Por isso também é importante frisar, novamente, que um dos pontos que mais causam insegurança nos empreendedores é encontrar um banco que seja referencia na área e que ofereça boas ofertas a todos.

Seguindo esse pensamento, uma boa dica é pegar os bancos que você já conhece e fazer uma vasta pesquisa sobre esse serviço dentro dele. E depois que tiver todas as suas respostas em mãos, fica mais fácil definir qual deles é mais fácil de aprovação e que possui mais qualidade.

Portanto, se também está com sua empresa precisando de financiamentos e valores para crescer ainda mais, saiba que as soluções estão mais perto de você do que imagina. Porém, para isso, basta estudar com atenção as opções do mercado e escolher a melhor para sua situação. Aproveite!

Rolar para cima
Pesquisar

INSCREVA-SE

Faca como mais de 35 mil brasileiros que já conseguiram sua recomendação pelo oedital, e receba sua oferta!

Navegue

Siga-nos

Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Polí­tica de Privacidade.