terça-feira, junho 18, 2024

Como validar diploma brasileiro em Portugal confira as alterações

A Europa é o local mais almejado para se conseguir emprego, validar diploma brasileiro em Portugal, por exemplo, é a chance de conseguir uma vaga rapidamente.

validação de diplomas em Portugal está com prazo mais curto para a análise o que simplifica ainda mais a corrida por trabalho no país. Contudo, cresce o número de pessoas interessadas no processo de para validar o diploma, veja como é simples.

Diferença de validar diploma brasileiro em Portugal e equivalência

A validação do diploma em outros países é comum, uma vez que ao terminar a faculdade muitas pessoas esperam por ingressar em uma carreira no exterior. Validar o diploma é diferente que equivalência do diploma, sobretudo tem significados diferentes.

A validação do diploma brasileiro em Portugal significa conferir ao seu diploma validade em território estrangeiro, neste caso em terras lusitanas. Já a equivalência é comparar o grau que o estudante atingiu com seu diploma.

A equivalência comprara a grade de matérias e a emenda do curso que fez no Brasil com a emenda das matérias de uma mesma faculdade em Portugal. Além disso, é comparado o conteúdo dessas matérias. Geralmente o candidato a imigração seleciona algumas instituições de ensino superior de Portugal e com isso fazem a comparação/equivalência.

O reconhecimento é um processo que observa a qualificação acadêmica brasileira com a qualificação portuguesa.

Lembrando…

É preciso estar atento a todos os detalhes sobre visto e imigração, para que não haja maiores transtornos em sua caminhada. Leia no artigo: trabalhar em Portugal, e fique por dentro de todos os detalhes para sua ida.

O que é preciso para validar o diploma brasileiro em Portugal?

Bandeira portuguesa. Foto: Divulgação.

Geralmente as pessoas querem se deslocar para Portugal e com sorte trabalhar na área que se formou. Talvez esse seja a maior preocupação dos estudantes que desejam uma carreira internacional. Sobretudo o primeiro passo é validar o diploma brasileiro e o tornar reconhecido em Portugal. Os passos são simples, mas requer atenção!

O estrangeiro brasileiro deve procurar por uma universidade para que possa dar entrada à equivalência. Mas antes disso, se atentar a alguns detalhes importantes, como a documentação e o processo de validação.

Muitos brasileiros desinformados chegam a Portugal sem os documentos necessários para validar o diploma brasileiro e por sua vez passam por inúmeros perrengues até concluírem a validação. Para as pessoas que querem trabalhar, estudar, ou fazer um mestrado em Portugal é essencial que separem os documentos exigidos para a validação, vejam quais a seguir.

Validar diploma Brasileiro em Portugal permite reconhecer que seu diploma de ensino superior tenha nível e objetivos idênticos aos diplomas portugueses,  seja licenciatura, mestrado ou doutorado. Sobretudo, é permitido também o reconhecimento de diplomas de nível técnico superior profissional.

Documentação para validar o diploma em Portugal?

  • Diploma do curso superior (somente a cópia autenticada);
  • Certidão que comprove autenticada;
  • Histórico escolar do ensino médio com notas (cópia autenticada);
  • Matriz curricular ou grade curricular assinada pela autoridade academia (cópia autenticada);
  • Cópia simples de documento emitido pela faculdade estrangeira que tenha o número de registro de grau ou diploma;
  • Descrição do regime de aprovação assinada e autenticada;
  •  Uma cópia digital ou digitalizada da tese defendida.
Vias férreas de lisboa para divulgar o artigo validar diploma em Portugal.
Vias Férreas de Lisboa. Foto: Divulgação.

Passos para validar o diploma em Portugal:

De acordo com a Lei n.º 66/2018 aprovada em 2018 às regras para validar o diploma – reconhecimentos acadêmicos em Portugal estão ainda mais simples e com prazos menores para a espera.

O Governo Português abre as portas e oferece incentivo para o estudante estrangeiro através de facilitar a validação do diploma brasileiro em Portugal, bem como os estudantes de outras nacionalidades também. O reconhecendo desse ato transforma as universidades portuguesas em um ambiente para todos.

1-Documentação

A documentação é a parte importante antes de partir do Brasil, a cópia do diploma acadêmico deve ser assinada pela autoridade acadêmica e autenticada, como indicamos ali acima. Este deve ser reconhecida firma em cartório, do mesmo modo que o histórico acadêmico.

2-Formulário para validar diploma em Portugal

Logo após isso, você deve solicitar através do site DGES o formulário de reconhecimento. Através do site  você tira todas suas dúvidas e solicita na hora através do formulário a validação do diploma brasileiro.

Acessando o site você encontra três formas para validar o diploma, leia com atenção todas elas e faça a escolha de acordo com suas preferências.

3-Onde solicitar a validação de diploma  

No site DGES você pode solicitar através do formulário inserido no próprio portal, basta acessar!

4-Custo e tempo

Em média, a taxa de reconhecimento está no valor entre 350€ a 650€. Já o tempo estimado é de três meses para análise de validar o diploma brasileiro em Portugal. Mas, é preciso entrar em contado com as Instituições de Ensino Superior que pretende solicitar o reconhecimento.

Processo de validação dos documentos

Agora que preparou a documentação é preciso ir até o consulado para o reconhecimento do diploma brasileiro autêntico, isso caso esteja no Brasil. É necessário ir até a faculdade para se informar e reconhecer firma das assinaturas do diploma para o envio dos documentos no site.

Logo após isso leve o diploma e as cópias autenticadas dos documentos na embaixada de Portugal. Agora besta fazer o envio dos documentos pelo correio para a instituição que pretende solicitar o reconhecimento.

Resumindo

Ao validar o diploma brasileiro para trabalhar em Portugal, os cursos devem apresentar exatamente o mesmo conteúdo programático, ou seja, a mesmo programa de matérias, a mesma carga horária e os mesmos objetivos.

De acordo com a legislação deve-se fazer tradução de documentos, pois pode ser exigida pela instituição onde fez pedido.

Rolar para cima
Pesquisar

Navegue

Siga-nos

Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Polí­tica de Privacidade.