terça-feira, junho 18, 2024

Dicas de estudo para o Enem: organize um cronograma de estudos

O Enem está chegando e você não sabe nem por onde começar? Veja as melhores dicas de estudo para o Enem e organize um cronograma perfeito de estudos.  

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é uma das mais importantes provas para o ensino médio no Brasil. Muitas pessoas seguem se preparando intensamente para a avaliação que foi criada em 1988. O Enem tem o intuito de classificar candidatos para que consigam o acesso a universidades públicas, bolsas de estudo no Brasil e em países como Portugal e o financiamento estudantil.

O exame acorre todos os anos e garante que muitos jovens possam ingressar na Universidade. Para obter resultado positivo, você precisa estar preparado e fazer um cronograma de estudos já no início do ano letivo. Listamos as principais dicas de estudo para o Enem para que consiga se organizar melhor.

Dicas de estudo para o Enem

1. Aproveite ao máximo suas aulas

Caso esteja iniciando seu último ano do ensino médio, uma das dicas de estudo para o Enem, aliás muito valiosa é, aproveite ao máximo suas aulas. Alguns estudantes bem sucedidos no Enem obtiveram as melhores notas sem fazer cursos intensivos, cursos online ou qualquer ajuda extra que não fosse às do próprio professor em sala de aula.

O importante é manter o foco nas matérias e estudar durante o período que ainda está na escola também. Aproveitar ao máximo as aulas pode garantir uma ótima nota e te levará para a universidade. Está é a primeira de muitas dicas interessantes para obter êxito na avaliação do Enem.   

2. Conciliar os estudos

Tenha em mente que terá que conciliar seus estudos e as avaliações escolares. Além disso, terá que se comprometer com horários e ter foco nas matérias primordiais. Para exemplificar, caso o estudante tenha aulas no período da manhã pode tirar as horas da tarde e da noite para se aplicar nas matérias que tenha mais dificuldade.

3. Estude os temas e assuntos que mais caem no Enem

Existem alguns assuntos que caem com frequência nas provas do Enem. Logo, o melhor a fazer é estudar a partir desse conteúdo. Um bom exemplo disso são os temas relacionados à 2ª Guerra Mundial que caem com frequência matéria de historia. Faça uma pesquisa e confira a quantidade de vezes que esse tema caiu, são diversas as provas falando nesse assunto. Sendo assim, uma das dicas mais importantes para estudar o Enem. Procure os temas mais recorrentes!

4. Provas anteriores

Analise o conteúdo das provas anteriores do Enem e aplique suas resoluções para verificar como está se saindo. Refaça as provas e quando surgir uma dúvida procure solucionar e encontrar a resposta no ato, ou marque para fazer uma revisão durante os próximos dias de estudo.

5. Faça o máximo de exercícios que puder

 Quando mais exercícios conseguir resolver maiores são as chances de encontrar uma questão parecida na prova do Enem. Sabemos que a hora da avaliação é maçante, muitas pessoas se enroscam em um ou dois exercícios e perdem tempo para resolver o restante das perguntas.

No entanto, perder tempo prejudica muito o estudante, por sua vez ele pode ficar nervoso e nem conseguir resolver as questões mais fáceis da prova. Fazer os exercícios trará mais confiança e segurança para a prova, consequentemente seus estudos serão mais assertivos.

6. Leia o edital

A princípio esse é um detalhe importante também, que todos os candidatos devem apreciar. Fique atento ao edital para ter ciência de toda a orientação da avaliação, além do conteúdo programático, disciplinas e as obras literárias, entre outras coisas. Logo após isso, prepare um cronograma para estudar e se organize melhor para a prova do Enem.

7. Faça um cronograma de estudo para o Enem

Estudar para o Enem não é fácil, mas se o estudo se baseia através de um cronograma bem elaborado terá eficiência em seus estudos. O cronograma de estudo tem a função de organizar seus horários e matérias para que seu estudo seja eficiente.

Para elaborar um cronograma da melhor forma possível deve verificar todas as disciplinas e iniciar seu estudo o quanto antes puder. Procure por modelos na internet, e configure seus horários com uma programação que seja a melhor para você. Assim irá passar pelo Enem com alta pontuação e tranquilidade. 

8. Seja rigoroso

Ser rigoroso em seu cronograma é essencial para não procrastinar na hora de estudar para o Enem. Sobretudo, pegue as matérias que mais tem dificuldade e coloque mais carga de horário para obter sua nota máxima. Dividir cada duas matérias em um dia de semana é a chave para conseguir um desempenho bom na Prova do Enem.

9. Dê preferência para as matérias com mais dificuldade

As matérias que tem maior dificuldade pode colocá-las com maior tempo de estudo que tiver. Além disso, dê preferências para os horários que está menos cansado, como por exemplo, ao acordar.

10. Redação

A redação do Enem é um item valioso para os que querem uma nota alta Prova. Contudo, a única maneira de se conseguir fazer uma redação perfeita e através de muito treino e leitura. Praticar a argumentação e fugir de clichês pode ser uma ótima opção. É por isso que o próximo tópico é relevante para ter uma nota elevada na redação do Enem.

11. Leia bastante

A leitura é essencial para qualquer avaliação, pressupondo que a prova é um mecanismo cheio textos a serem entendidos. Então leia bastante, leia textos com assuntos interessantes em artigos, revistas, jornais e blogs.Trabalhe bem a leitura para que também, possa adquirir uma linguagem nova e novas palavras que pode não conhecer. A leitura é essencial na hora de estudar para qualquer avaliação, inclusive a prova do Enem.

12. Mantenha-se informado das notícias

Para finalizar, assista ou leia jornais com frequência, pois os temas atuais geralmente são cobrados na prova do Enem. Pesquise sobre a atualidade econômica do Brasil e do Mundo, política e também assuntos referentes ao noticiário em geral. Assuntos atuais costumam cair como tema da redação do Enem, ou seja vale a pena estudar.

13. Fique atento ao enunciado

Procure fazer uma leitura sem pressa dos enunciados, para não se confundir na hora da avaliação. Geralmente os enunciados do Enem são longos, leia com bastante calma e se quiser grife os elementos principais para não se confundir.

Como memorizar o conteúdo do Enem com eficiência?

Dicas de estudo para o ENEM organize um cronograma de estudos perfeito. Veja também a curve do esquecimento.
Curva do Esquecimento de Ebbinghaus. Imagem: Ilustrativa.

Já ouviu alguém dizer que estuda e não consegue lembrar nada na hora da prova? Aquela sensação de que a matéria sumiu de sua mente não é algo tão anormal assim. Talvez o que esteja acontecendo é que você está estudando de forma errada.

Aplique melhor uma método de estudo para que sua memorização seja natural e de extrema eficiência. Trabalhe a favor de você, aprenda como funciona a curva do esquecimento de Ebbinhaus e faça toda a diferença na hora da prova.

Resumidamente, a curva do esquecimento acontece quando a mente descarta do cérebro informações não usuais em algumas horas após ter estudado o conteúdo.

Como funciona?

Depois de estudar uma determinada matéria esquecermos 40% nos próximos 10 minutos, 80% nas próximas 24 horas e 90% daqui uma semana. Todavia, em um mês esquecemos por completo todo o conteúdo estudado. Para resolver isso é importante estudar da maneira correta então confira no artigo: Curva do esquecimento: entenda como memorizar melhor o conteúdo.

Esperamos ter ajudado, alguma dúvida deixe um comentário!

Rolar para cima
Pesquisar

Navegue

Siga-nos

Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Polí­tica de Privacidade.