terça-feira, junho 18, 2024

História do Brasil: como se formou a sociedade Brasileira

A história do Brasil é uma matéria importante para o conhecimento e a formação de uma sociedade brasileira mais envolvido com sua própria raiz. Em nosso resumo falaremos sobre a escravidão, invasões, lendas e dúvidas que ainda existem sobre o descobrimento.

Primeira Parte:

Até o final do século XV (15) lendas, perigos e desafios era tudo o que os europeus conheciam por além de suas terras. Sobretudo, nesta época, fazer uma travessia navegando os oceanos era arriscar a própria vida. A moeda de troca eram as especiarias bem como o petróleo do novo mundo.  

Isto porque, temperos como a pimenta, o cravo e a canela davam aos alimentos um sabor especial. As especiarias tinham um valor alto no mercado, um dos produtos mais valorizados, principalmente na Europa.

Confira agora alguns detalhes importantes da história do Brasil.

  • Saiba quem eram os habitantes do continente antes da “descoberta” do Brasil. Além disso,
  • Confira como funcionava o mercado de especiarias e qual a verdade sobre a colonização feita pelos portugueses em nosso país.

Através de uma análise simples, para que vocês entendam de uma vez por todas os detalhes da história do Brasil.

História do Brasil: habitantes do Brasil antes da colonização

História do Brasil: como se formou a sociedade Brasileira

A história do Brasil é repleta de lutas, batalhas e conquistas. O quinto maior país do mundo passou por muitas batalhas importantes até chegar nos dias de hoje. Os primeiros nativos brasileiros vieram da Ásia, há milhares de anos atrás. Saíram do seu atual continente e migraram pelo continente sul americano.

Em outras palavras os habitantes do Brasil antes da colonização eram de grupos indígenas vindos da Ásia, e se espalharam pelas atuais terras brasileiras.

Dividiram-se em diversos grupos bem antes dos portugueses se instalarem no território brasileiro. Povos com línguas diferentes, regras de convivência diferentes e costumes diferentes. Alguns com costume bastante peculiar, como os Canibais Tupinambás.

Esta tribo indígena do início do século XVI, praticava a antropofagia, ou seja, o ato de comer carne humana. Diferentes dos Tupiniquins e Guaranis que eram uma tribo amistosa com hábitos mais normais.

Com toda essa diversidade muitos dos grupos indígenas, da história do Brasil no início do século, foram exterminados por conta de desavenças e guerras.

O descobrimento e a história do Brasil de 1500

Nesse período, por todo o território brasileiro existiam mais de 5 milhões de nativos, até que outras pessoas começaram a chegar. Pedro Álvares Cabral foi uma dessas pessoas, que chegam ao continente com uma das maiores esquadras que Portugal já havia enviado ao mar.

O cronista Pedro Vaz de Caminha narrou a história do descobrimento do Brasil de maneira bastante bela. Ele descreve absolutamente tudo que aconteceu naquele momento histórico, desde que os portugueses pisaram em terras brasileiras.

A narrativa segue com grande entusiasmo, onde portugueses e tupiniquins dançam, tocam músicas e se divertem com grande alegria. Em seguida rezaram uma missa e começam a catequização dos índios.

Bônus: Duarte Pacheco Pereira teria chegado às terras brasileiras antes de Pedro Álvares Cabral, em 1498.

O comércio das especiarias na História do Brasil

O comércio central daquela época era feito através do mediterrâneo e quem comandava as fronteiras eram os Genoveses e Venezianos. As Índias eram o centro do comércio na época, onde tudo acontecia, um grande império se formava naquela região.

Por outro lado, países como Inglaterra, Portugal e Espanha não tinham como chegar até as Índias por essa rota. Então, para que conseguissem participar do comércio, sem dar de cara com Genoveses e Venezianos, teriam que procurar um caminho alternativo.

Nesta época, meados de 1492, foram criadas as famosas caravelas que eram barcos leves que ajudavam na navegação. Através delas os portugueses exploraram toda a costa oeste da África e desbravaram os oceanos.

Foi nesta época também que aconteceu o famoso Tratado de Tordesilhas, em que o Papa Borgia divide o mundo entre Portugal e Espanha, sem consultar as outras nações.

Falaremos melhor sobre isso em outro artigo.

No entanto, Colombo também navegava e explorava a América Central. Mas, foi Vasco da Gama o primeiro dentre os exploradores a chegar às Índias por outro caminho. Porém, uma viagem muito difícil em que a tripulação passa por inúmeras diversidades, como doenças e fome.

Como falamos anteriormente, todos estavam com uma ideia fixa na cabeça, o comércio das especiarias. Sendo assim, forma-se uma nova esquadra com Pedro Álvares Cabral e mais 14 embarcações rumo às Índias.

E foi assim que as novas terras foram encontradas, o Brasil.

A História do Brasil e o descobrimento

O termo “descobrimento” foi criado pelos europeus em uma época chamada de “Era dos Descobrimentos”. Como o próprio nome já diz, uma época em que o continente Europeu tinha feito as principais descobertas, como novos caminhos e novas terras.

Um período significativo para a história do mundo e do Brasil. Foi neste momento que os povos e nações começaram a se conectar. Um período da história em que as civilizações começaram a se encontrar pela primeira vez.

➺ A chegada dos Portugueses ao Brasil

As terras brasileiras foram encontradas por Portugal em uma época de muitas descobertas para o velho mundo. Sobretudo, lá já existiam uma população grande de indígenas, como falamos no início do artigo. A tripulação vinda de Portugal desembarcou na região conhecida hoje em dia como Porto Seguro.

Assim que os portugueses desembarcaram encontram os índios, e por sua vez começaram a fazer negócios com eles e catequizá-los. O nome Brasil surgiu por conta da grande demanda de pau-brasil que existia em nossas terras.

➺ Significado mítico do nome do Brasil

Quando esse grupo de pessoas chega no Brasil encontram um ambiente paradisíaco. As terras que tinham acabado de conhecer recebe o nome de Ilha de Vera Cruz, pois acreditavam ser somente uma pequena ilha.

Logo em seguida o nome passa a ser Terra de Santa Cruz.

De acordo com uma lenda, o nome Brasil surgiu por referência a uma ilha medieval do oeste da Europa, muito parecida com as terras brasileiras, descrita por um navegador Irlandês.

A nova terra encontrada tinha a mesma aparência da Ilha que se chamava Hy Brasil. A Ilha Brasil, Ilha Brasil de São Brandão, ou  Hy Brazil, como era conhecida, era uma ilha mítica do Oceano Atlântico ligada à tradição de São Brandão das terras do oeste no Continente Europeu.

Mas, voltando à história, a esquadra de Cabral tinha um destino final diferente do que o encontrado, eles queriam chegar as Índias. A quem diga que chegaram à Bahia por acaso. Mas, atualmente, discute-se sobre o destino dessa viagem ter sido proposital.

Alguns historiadores acreditam que esse “desvio de rota” tenha acontecido, pois os portugueses sabiam sobre as tais terras ocidentais.

Então, no dia 22 de Abril de 1500, Cabral chega ao continente e pisa em terras brasileiras.   

Resumindo, Duarte Pacheco chega ao Brasil em 1498 e logo em seguida Pedro Álvares Cabral em 1500. Cabral, por sua vez, não fica muito em terras brasileiras, pois ainda tinha interesse nas especiarias das Índias.

Além disso, o Império Português estava afoito para ir de encontro ao mercado das Índias. Mas, povos como Otomanos, Mamelucos e Venezianos não queriam os portugueses por lá de maneira nenhuma.

França, comércio e escravidão no Brasil Colonial

1. Capitanias Hereditárias

Os franceses começaram a se interessar pelo Brasil e o Rei D. João III fica preocupado. Então, em meados de 1534 os portugueses resolveram criar as Capitanias Hereditárias e com isso a colonização da história do Brasil acontece.

As Capitanias não deram muito certo. Então, em 1549 a coroa decide administrá-las de forma diferente, através de uma unificação. A unificação recebeu o nome de Governo-Geral e foi administrada na época por Tomé de Souza.

2. Primeira capital do Brasil

Cria-se também a primeira capital do Brasil, Salvador. A cidade foi uma grandiosa obra de valor alto, essa construção super faturada, após alguns anos teria se desfeito por completo.

3. Ciclo do Açúcar

Imagem: Ilustrativa.

Na Europa outro comércio se fortalecia, o do açúcar. Produto que era preparado através da cana de açúcar. Além disso, se obtinha por meio do caldo da cana era feito o melado e rapadura.

Em poucos anos esse comércio se expandiu por todo o território Europeu e também aqui no Brasil. Estava nascendo assim o primeiro Ciclo do Açúcar, um mercado que prosperava nas capitanias do Recife e de Pernambuco.

O açúcar era algo extremamente novo, um produto fino e raro, chamado na época de ouro branco. Produzido especialmente em algumas regiões brasileiras. Em consequência disso, os engenhos de açúcar começam a surgir no Brasil, mas isso no Segundo Ciclo do Açúcar.

3. Escravidão

A escravidão no Brasil se inicia neste mesmo período, pois Portugal sem ter mão de obra para trabalhar em nosso território, começa a exportar uma enorme quantidade de escravos para trabalhar nos engenhos de açúcar.

A exportação de escravos da África era algo comum nessa época. Era costume tribos serem escravizadas por outras tribos. Todavia, quando um grupo perdia a guerra eram escravizadas por outro grupo de pessoas, fazendo assim comércio com eles. Consequentemente, os europeus vendiam os escravos para obter lucros.

4. União Ibérica 1580 1640

Espanha e Portugal se juntam e formam a União Ibérica. A Espanha tinha grande interesse nos mais de 300 engenhos mantidos no Brasil. Nesse momento o ciclo da cana de açúcar chega a números notórios, uma vez que a exportação do produto no Brasil obtém uma margem alta de lucros.

Início da Sociedade Brasileiro

Em 1600 Inglaterra e França iniciam a colonização na América do Norte. Uma colonização bastante diferente daquela que relatamos no artigo da História do Brasil.

As colônias de povoamento serviram para enriquecer a sociedade e cultura dos Estados Unidos. Mas, Portugal e Espanha não tinham intenção alguma de colonizar e enriquecer o Brasil através da sua cultura e seu povo. O que os dois países queriam era apenas obter lucros, ou seja, explorar todo o território brasileiro.

Com grandes plantações de cana de açúcar e mão de obra barata, o Brasil era uma fonte de renda para Portugal e Espanha. Contudo, é assim que começa a se formar a sociedade brasileira. Um país que nasceu de maneira tão diversa de outros países como a Argentina, Austrália, EUA etc.

Bônus:

Atualmente, há uma grande divergência, sobre como foi a nossa colonização. Alguns especialistas acreditam que o Brasil foi uma Colônia de Povoamento. No entanto, outros creem que o Brasil foi uma Colônia de Exploração.

Primeiramente, devemos analisar como os Ingleses colonizaram os Estados Unidos. Eles tinham uma visão totalmente apurada e diferente da visão dos Portugueses nessa época. Em 1600, com a colonização da América do Norte, os ingleses trouxeram para os Estados Unidos algumas Universidades, fazendo assim a grande diferença para a sociedade americana até hoje.

Já os portugueses passaram bem longe disso, e não trouxeram qualquer recurso social, cultural e econômico para o Brasil. Nesse sentido, podemos notar o porquê de atualmente sermos países tão diferentes, e em especial, mais pobres do que os países da América Central e do Norte.

Podemos afirmar que ter a consciência voltada para o desenvolvimento de uma nação vale mais do que apenas ter ouro e prata, pois nessa mesma época a Espanha era um dos países mais ricos do mundo. Uma nação próspera, com grande quantidade de ouro em suas terras. Porém, nem por isso, se compara a mecânica de desenvolvimento da Inglaterra perante os Estados Unidos.

Mas, para esclarecer essa grandiosa dúvida sobre nossa colonização, lembre-se: Os Estados Unidos, por exemplo, é considerada uma Colônia de Povoamento, uma vez que receberam refugiados de guerra que habitaram e trabalharam nas regiões povoadas. Como a intenção dos portugueses eram somente as riquezas naturais do Brasil, fomos uma Colônia de Exploração.

História do Brasil de 1600

No Brasil de 1600 as coisas aconteciam lentamente, bem diferente do que nos Estados Unidos. Nesta época, os bandeirantes trabalhavam duro para encontrar ouro em alguma região do Brasil, sem nenhuma expectativa real. Mas, depois de quase um século, em 1693 eles conseguem e encontram ouro na cidade de Vila Rica.

A partir disso, a região começa a ser chamada de Minas Gerais. Nessa mesma região por volta de 1725, os bandeirantes encontraram também alguns focos contendo diamante.

No século XVIII (18) a maior parte da produção de ouro e diamante é feita aqui no Brasil.

História o Brasil continuação…

O povoamento do Brasil pelos portugueses só aconteceu em 1530, quando algumas famílias vieram para cá. Mas, antes disso nos primeiros trinta anos, Portugal tinha um único interesse no Brasil, a exploração do pau-brasil.

Gostou? Vamos estudar agora o Brasil Colônia? Aguarde a segunda parte da história.

Boa leitura!

Leia também:

Rolar para cima
Pesquisar

Navegue

Siga-nos

Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Polí­tica de Privacidade.