terça-feira, junho 18, 2024

Como trabalhar na Argentina: documentação, vagas disponíveis e salário

Muitas profissionais desejam trabalhar no exterior e países, como por exemplo, a Argentina são o ponto de encontro para estes profissionais. A busca por emprego fora do Brasil é algo significativo que movimenta a carreira e vida dessas pessoas.

Quer saber como é feito todo o processo? Fique conosco!

Por onde começar?

A Argentina é um dos países que contratam profissionais estrangeiros para diversos setores, sejam vagas no comércio, indústria ou bares e lanchonetes.

Sobretudo, a Argentina é nosso país vizinho e acolhe brasileiros para trabalhar principalmente em cidades como Buenos Aires. Pessoas de qualquer região do Brasil podem ser contratadas, basta organizar sua documentação e se candidatar às vagas através dos sites especializados em assessorar os candidatos.

Os passos parecem simples, mas para garantir o melhor entendimento vamos detalhar todas as etapas.

Trabalhar na Argentina encontre as vagas

Primeiramente, é essencial que o profissional encontre as vagas e assim inicie o planejamento da viagem. Neste caso, existem diversas agências especializadas em direcionar os candidatos estrangeiros e conectá-lo com as empresas contratantes.

Sobretudo, iremos listar os melhores sites para que inicie sua busca com praticidade e garanta sua vaga de emprego. Em seguida, mostraremos como o profissional irá ajustar sua documentação. No entanto, em alguns casos é necessário a validação do seu diploma.

Sites especializados em vagas de emprego na Argentina

Antes de tudo, aconselhamos que tenha um perfil no Linkedin, o maior site de busca de emprego no mundo. Através dele muitos profissionais conseguem se conectar com as empresas contratantes situadas em várias regiões do mundo, incluindo a Argentina.

Além disso, outros sites também colaboram com esses profissionais com intuito de ajudá-los a priorizar sua pequisa. Mas, lembre-se, que você precisa organizar seus documentos, visto e currículo antes da sua ida.

➥ Sites especializados:

Uma dica importante: Procure informações e obtenha ajuda através dos grupos de Facebook também!

Salário mínimo na Argentina, valor estimado para 2021

Peso argentino: Imagem Ilustrativa.

salário mínimo da Argentina é um dos melhores da América Latina, entretanto, o valor em 2021 passou a ser 16.875 pesos.

Trabalhar na Argentina ganhando um salário mínimo tem suas vantagens, além do peso ter valor maior, o profissional pode trabalhar com flexibilidade de horário.  

Contudo, dependendo do profissional o salário é reajustado e corrigido de acordo com o sindicato em questão. Sendo assim, profissionais de áreas diferentes podem ter o salário com valor diferente.

Caso o profissional tenha experiência, dependendo da qualificação, o salário pode se aproximar de 20 mil pesos. Um bom exemplo disso, são as vagas para o cargo de gerente, ou supervisor, que podem alcançar o valor de 50 mil pesos.

Seja no Brasil ou em qualquer lugar do mundo quando se é qualificado o salário aumenta consideravelmente. No entanto, para as vagas de subempregos na Argentina o valor do salário é compativel com o minímo.

São inúmeras as oportunidades na área comercial, principalmente nos supermercados, bares, cafés e restaurantes. Os subempregos argentinos pagam em média um salário mínimo, citado no parágrafo acima.

Quais são as vagas mais requisitadas na Argentina para 2021?

Devemos destacar que os profissionais mais requisitados para trabalhar na Argentina são de setores ligado a tecnologia! Mas, há uma grande procura por profissionais de administração, finanças, recursos Humanos, marketing, programas de Trainee, contabilidade, enfermeiros (a) etc.

Há uma grande demanda de profissionais estrangeiros, sobretudo, para trabalhar nas principais cidades, como por exemplo, Buenos Aires, Mendoza e Córdoba.

Documentos para trabalhar legalmente na Argentina

Trabalhar na Argentina: vagas, salário e documentação
Imagem: Divulgação.

Para conseguir emprego na Argentina é crucial estar com toda sua documentação em dia. Além de listar quais são esses documentos iremos explicar como organizar todos eles.

Embora o país seja latino e vizinho do Brasil, o profissional brasileiro precisa organizar a documentação. E a primeira delas é o visto de trabalho argentino.

Existem no país alguns tipos de vistos adequados, porém, cada um para uma categoria de pessoa, seja ela visitante, estudante ou profissional remunerado.

O visto de estudante tem a validade de 90 dias e serve para aqueles que estão fazendo um curso de espanhol nas férias de verão. No entanto, um visto curto que não serve para o trabalhador formal. Alguns estudantes têm autorização para trabalhar, mas com regras específicas.

Porém, para o trabalhador brasileiro fica mais fácil solicitar o visto Residência temporária para cidadãos brasileiros. Este visto permite que o trabalhador e fique na Argentina por até 2 anos, bem como trabalhar e estudar ao mesmo tempo.

Como funciona e como solicitar o visto de trabalho:

Todo o cidadão brasileiro com idade maior de 18 anos pode obter o Visto de Residência Temporária para trabalhar na Argentina. Para solicitá-lo o brasileiro deve dirigir-se até o Consulado da Argentina que fica em São Paulo e fazer o agendamento.

O cidadão brasileiro deve entregar dos documentos e pagar a taxa de USD 250 – em reais. Além desse, mais uma taxa de USD 300 será cobrada pelo site  www.migraciones.gov.ar.

Leia atentamente as instruções.

Para maiores informamos referentes a este visto envie um e-mail para [email protected].

Atenção: O cidadão que não agendar antecipadamente não será atendido

Documentos obrigatório para obter o Visto de Residência Temporária:

  • Passaporte original com validade mínima de dois (2) anos.
  • Duas (2) cópias autenticadas das três primeiras páginas do passaporte.
  • Certidão de nascimento original atualizada e duas cópias autenticadas;
  • Certidão de casamento original ou atualizada e duas cópias autenticadas;
  • Duas cópias autenticadas do documento de identidade (RG);
  • Duas vias do certificado de registro criminal legalizado;
  • Cinco fotos 4X4, de frente, sem data, sem óculos, ½ busto, fundo branco, colorida;
  • Comprovante de pagamento da taxa de MIGRACIONES (USD 300);
  • Passaporte;
  • Formulário de pedido de visto completo

Atenção: Para fazer o pagamento do MIGRACIONES acesse o site: www.migraciones.gov.ar e para mais informações referentes ao visto de residência temporária acesse o site do Ministério de Relações Exteriores.

DNI – Documento Nacional de Identidade e CUIL – Carteira de Trabalho Argentina

Além do passaporte e do visto o profissional tem que estar cadastrado no DNI e também no CUIL.

DNI é o Documento Nacional de Identidade Argentino, documento necessário para o estrangeiro que está em busca de emprego em cidades Argentinas.

Da mesma forma, o imigrante deve estar em dia com o documento CUIL, equivalente a carteira de trabalho no Brasil.

Os dois documentos são necessários para que o estrangeiro trabalhe legalmente no país. A Legislação trabalhista na Argentina protege e beneficia o imigrante brasileiro através desses documentos.

#Bônus

Dicas para conseguir as vagas de trabalho na Argentina rapidamente

Antes de mais nada, aqui estão os primeiros passos para sua futura carreira no exterior. Veja abaixo dicas simples para que não perca tempo na hora de planejar sua ida.

1. Faça a versão do seu currículo em inglês e espanhol.

2. Cadastre-se nos portais de agências de emprego da Argentina.

4. Aprenda a língua e pratique o espanhol, pois precisará para o processo das entrevistas de emprego. Uma vez que quem fala espanhol ganha pontos.

5. Prepare toda a documentação para agilizar na hora que encontrar a vaga de trabalho.

Trabalhar na Argentina é o sonho de muitos profissionais, sejam eles formados ou trabalhadores sem formação. As vagas de trabalho podem ser encontradas mesmo que o candidato ainda esteja no Brasil.

Com a facilidade de encontrar as vagas através dos portais especializados em recrutamento online, ficou ainda mais fácil planejar sua carreira fora!

Deixe um comentário com sugestões de artigos ou dúvidas. Boa Sorte!

Leia também:

Rolar para cima
Pesquisar

Navegue

Siga-nos

Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Polí­tica de Privacidade.