terça-feira, junho 18, 2024

Salários na Itália: quais os valores e como funciona

Itália é um dos principais destinos dos brasileiros que querem ir para o exterior a procura de salários com valores apropriados a suas qualificações. Na Itália não existe um teto para salário mínimo, visto que há uma diversidade de sindicatos para cada profissional, e é através deles que se estabelecem valores dos salários no país.  

Quais são os valores dos salários na Itália?

Está é uma dúvida que pega muitos brasileiros que sentem vontade de morar na Itália. A maior preocupação antes da partida é como funciona o salários no país, bem como custo de vida e outras necessidades cotidianas. É importante pesquisar bastante antes de lançar-se na viagem, para que tenha controle de gastos e consiga permanecer.

Os menores salários italianos em média estão no valor de 1.100 a 5.000 euros, no entanto, não temos uma tabela pré-fixada, ou uma regra do mínimo como aqui no Brasil. Geralmente, são os sindicatos que determinam o valor, que por sua vez, mudam de acordo com a região. Sabe-se que os profissionais menos qualificados os auxiliares do lar, recebem remuneração de cerca de 500 a 900 euros.

Valores mais altos…

Os trabalhadores das fabricas tem como a remuneração salarial de 1.100 a 1.200 euros. Aliás, este é um dos setores que mais empregam trabalhadores imigrantes no país. Porém, a diferença salarial se dá conforme a empresa contratante, umas pagam mais outras menos. Profissões medianas que podem gerar salários melhores são os trabalhos braçais, como vagas de pintor, açougueiro, soldador e outros.

Já os profissionais que trabalham em locais comerciais, também com baixo nível de qualificação, recebem a remuneração de até 1.500 euros por mês. Qualificações médias e altas recebem salários entre 1.600 e 3.500 euros. A agricultura também é um ponto forte para os trabalhadores vindos de outros países.

Trabalhar na Itália benefícios e vagas

As profissões com salários melhores na Itália estão no setor de TI – Tecnologia da Informação, bem como as engenharias e desenvolvedores de aplicativos. Os salários de alguns deles são pagos por hora, diferente do Brasil. No entanto, quanto mais horas você trabalhar, maior é a remuneração. Como não há uma lei que tutela o salário mínimo na Itália, como já dissemos, o valor é de acordo com a função que conseguir a vaga.

Aconselhamos que antes de ir para Itália se qualifique, pois, isso te levará a ganhar salários maiores além de benefícios. Há na Itália uma resistência a cerca das empresas e as leis trabalhistas. Todavia, muitas delas pagam as férias, 13º, bem como o vale-transporte e vale-alimentação. Escolha cidades menos populares para morar, sendo assim o custo de vida também será menor. Cidades como Milão, Roma e Veneza têm os maiores valores em custo de vida no país.

Para encontrar as vagas de forma mais rapidamente é indicado que acesse sites especializados que fazem a ponte da empresa até o candidato. Muitos dessas empresas buscam por candidatos que falam português. Sendo assim uma chance maior para os brasileiros interessados em uma mudança para o exterior.

Veja alguns sites de emprego  

Morar na Itália

A mudança para outro país requer certo planejamento, pois mudar de vida por completo não é algo fácil, encontrar uma nova língua, nova cultura e nova mecânica. Primeiramente, devemos nos informar sobre os valores, quanto é o custo de vida nesse país novo. A Itália é um país com cidades belas já vista mundo, além de ter uma infraestrutura marcante e maior qualidade de vida.

O transporte público é geralmente usado pelos trabalhadores, e os valores são variados dependendo de onde mora. Os ônibus da linha urbana estão no valor médio de 2,00£, uma vez que os que rodam dentro da cidade 1,00£ até 1,80£. A alimentação também é algo importante de se calcular e colocar em seu planejamento. Contudo, na Itália  uma compra mensal para duas pessoas fica em torno de 250,00£.

Leia também: Como estudar melhor para ter eficiência nas provas

Rolar para cima
Pesquisar

Navegue

Siga-nos

Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Polí­tica de Privacidade.