terça-feira, junho 18, 2024

Auxílio emergencial do governo: como será feito o pagamento dos R$600

Auxílio emergencial

O pagamento do auxílio emergencial do governo está previsto para o dia 16 de abriu para trabalhadores informais e autônomos. Faça agora o download do aplicativo para realizar sua adesão!

O auxílio serve estritamente para amparar os trabalhadores que estão sem trabalhar por conta dos avanços da pandemia do coronavírus. Com inúmeros casos confirmados no mundo a maior preocupação entre as autoridades é conter a doença através do distanciamento social.

Apesar de todos os esforços o mundo vive hoje uma tremenda guerra contra algo invisível que pegou todos de surpresa. Contudo, o auxilio emergencial é uma grande oportunidade para que o brasileiro de baixa renda possa se manter e tenha dignidade nesta fase de combate a doença.

Quem tem direito de receber o Auxílio emergencial?

As pessoas que vão receber o auxílio emergencial de R$600 devem cumprir alguns requisitos, veja abaixo:

  • Maiores de 18 anos de idade.
  • Não receber seguro-desemprego, benefício previdenciário, benefício assistencial e qualquer outro programa de renda que não seja Bolsa Família.
  • Trabalhadores informais.
  • Pessoas com a renda familiar mensal de até meio salário mínimo por pessoa, ou seja, R$522,50. Ou pessoas com renda familiar mensal total de três salários mínimos, valor de R$3.135,00.
  • Não ter recebido no ano de 2018 rendimentos tributários maiores que o valor de R$ 28.559,70.

Quem mais tem direito:

  • Microempreendedores Individuais (MEIs);
  • Trabalhadores informais inscritos no Cadastro Único;
  • O trabalhador informal que não estiver cadastrado em nenhum dos programas do governo;

Qual o valor do auxílio emergencial?

O benefício foi estimulado pela Câmara dos Deputados que aprovou o valor mensal de R$600, durante a crise do coronavírus. Via de regra, as família com renda baixa podem acumular até dois benefícios no valor de R$1.200,00.

No entanto, as mães de família trabalhadoras que forem as únicas responsáveis por seus filhos, poderão receber R$ 1.200,00. Além disso, é permitido em uma mesma família que as pessoas acumulem dois benefícios, bem como o auxílio emergencial do governo e a Bolsa Família. E caso este seja menor a família pode escolher o benefício de maior valor.

Como é verificada a renda família?

A renda familiar será verificada através dos inscritos pelo Cadastro Único, porém muitas pessoas não estão inscritas e para estas será disponibilizada uma plataforma digital criada pelo o Ministério da Cidadania. A declaração da renda será avaliada a partir de todos os rendimentos dos membros da família, sem contar o dinheiro da Bolsa Família.

Como solicitar o auxílio emergencial do Governo

O aplicativo já está disponível para celulares basta fazer o download. O benefício será pago aos trabalhadores informais, autônomos e MEIs.

Faça download do Aplicativo:

  • PlayStore (Android)
  • AppStore (IOS).

Para solicitar através do site basta entrar no endereço eletrônico: www.auxilio.caixa.gov.br.

Formas de pagamento

Como será o pagamento?

O pagamento do beneficio de auxílio emergencial será feito por instituições bancarias federais, como a Caixa Econômica Federal e Banco do Brasil. O deposito em conta digital, por sua vez aberta automaticamente em nome do beneficiário, com a isenção de qualquer tipo de tarifa. O trabalhador pode usar a conta de recebimento de benefícios sociais do governo, como FGTS e PIS/PASEP.

O coronavoucher como está sendo chamado o auxílio emergencial será liberado ainda essa semana. Sobretudo, esta ajuda governamental terá impacto em mais de 20 milhões trabalhadores informais. Além disso, os bancos comprometidos ao pagamento do benefício colaboram colocando a disposição uma central de atendimento para que a população tire todas  suas dúvidas a respeito do benefício.

Como saber se estou no Cadastro Único

Cadastro Único é uma base de dados com as informações de famílias de baixa renda do Governo Federal. Através da inscrição no Cadastro único as famílias de baixa renda conseguem participar de alguns programas do Governo, bem como o programa da Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada (BPC), Carteira do Idoso, Carta Social e Aposentadoria.

O registro serve como auxílio determinante no alcance das pessoas mais vulneráveis. Para participar é necessário entrar no site do Governo Federal para saber mais detalhes do cadastro. A princípio, a inscrição é realizada pelas Prefeituras municipais de cada cidade ou pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo.

O cadastro não pode ser feito pela internet, uma vez que é necessário ir até o local. Caso não saiba onde é o endereço busque pelo site MOPS Mapas Estratégicos para Políticas de Cidadanias.

Pré-requisitos para se cadastrar

É necessário fazer a entrevista domiciliar para a coleta de informações básicas e assim iniciar a inscrição no programa. Sobretudo, essas informações coletadas serão avaliadas e checadas para que os usuários possam fazer parte dos diversos benefícios do programa. Para entender melhor, saber quais os documentos e todos os detalhes confia: Cadastro Único: como fazer, como funciona e benefícios

Trabalhadores do resto do mundo

O mundo está se mobilizando com algum tipo auxílio emergencial para ajudar os trabalhadores e conter os avanços do Covid 19. Por conta da pandemia milhares de trabalhadores pararam com seus empregos e estão à mercê das medidas impostas pelo governo para a ajuda emergencial. Países como Estados Unidos adotaram medida também.

A saber, Trump disponibilizou aos trabalhadores norte-americanos o valor de US$ 1.000 como ajuda e alivio até ajustarem a quarentena. Não só ele, mas Alemanha, Inglaterra entre outros já estão promovendo uma ajuda de custo para auxiliar todos os trabalhadores durante a pandemia.

Como todos sabem, ainda não há um remédio ou vacina eficaz contra o vírus, porquanto devemos seguir as regras as ordens pre-estabelecidas do ministério da saúde. Somente dessa forma conseguiremos conter a doença e aliviar o sistema de saúde sem que ele entre em colapso. Sendo assim, a ajuda governamental através do Auxílio emergencial é um ponto forte para que a economia que tudo se estabilize por enquanto.

Fique conosco para mais informações e notícias. Caso tenha alguma dúvida deixe um comentário e responderemos assim que possível.

Aproveite para ler também: Auxílio-Doença: o que é, como funciona e como fazer a consulta

Rolar para cima
Pesquisar

Navegue

Siga-nos

Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Polí­tica de Privacidade.