terça-feira, junho 18, 2024

Calculadora Décimo Terceiro: Planeje seu Final de Ano com Segurança Financeira!

Calculadora décimo terceiro

Calculadora de 13º Salário

Formulário de Cálculo do 13º Salário


















O final do ano traz consigo um ar de celebração e festividades, e é claro uma preocupação financeira muito comum entre os trabalhadores, o décimo terceiro. Esse tão aguardado pagamento adicional é um direito garantido que ajuda muitos lares, permitindo que as famílias paguem suas despesas com tranquilidade. Por isso use a calculadora de décimo terceiro e se prepara para festejar !

No entanto, à medida que as folhas de calendário caem, muitas pessoas também se veem às voltas com uma série de perguntas: Como calcular o décimo terceiro? Quais critérios são aplicados? E as horas e bonificações? Essas dúvidas podem facilmente se transformar em uma dor de cabeça. 

É aqui que entra uma ferramenta poderosa para auxiliar nesse processo: a calculadora décimo terceiro. Nesta matéria, vamos explorar como esse recurso pode simplificar sua vida financeira, fornecendo respostas eficientes e simples para perguntas relacionadas ao décimo terceiro.

Por fim, aprenderá como funciona a calculadora décimo terceiro, quais dados são necessários para obter cálculos precisos, vantagens e desvantagens de utilizar a calculadora décimo terceiro. Tenha uma boa leitura!

O que é o décimo terceiro salário?

A princípio, o décimo terceiro é um benefício trabalhista concedido aos trabalhadores em vários países, inclusive no Brasil. Este pagamento adicional corresponde a 1/12 de remuneração devidos em dezembro para cada mês de serviço prestado ao longo do ano. 

Ademais, o décimo terceiro é calculado com base no salário bruto do trabalhador, considerando bonificações e outros benefícios regulares. Para mais, é comum que os descontos legais, como o INSS, sejam aplicados ao cálculo, gerando um valor líquido a ser efetivado para o pagamento. 

Em suma, o 13° salário é uma beneficiação relevante que visa fornecer aos empregados uma renda a mais no final de ano, sendo uma maneira de estimular não só a economia durante as festas de fim de ano, como também reconhecer o esforço dos trabalhadores. 

Como usar a calculadora décimo terceiro?

Antes de mais nada, caso queira saber o valor total do seu 13° salário, mas tem certa dificuldade com cálculos, deve recorrer à calculadora décimo terceiro. Afinal, é fundamental fazer a apuração para ter convicção de que receberá tudo a que tem direito em períodos trabalhados. Para usar a calculadora corretamente, siga os passos abaixo: 

  1. Acesse a calculadora: Encontre uma calculadora online confiável ou use uma planilha, como Microsoft Excel ou Google Sheets, para realizar a conta. Se preferir, também é possível encontrar apps móveis ou softwares específicos para cálculos trabalhistas.
  2. Insira o salário bruto mensal: Digite o valor salarial bruto do empregado. Certifique-se de incluir todos os requisitos, como salário-base, horas extras, sonorização adicional, comissões, entre outros.
  3. Calcule o valor por mês: Divida o salário bruto por 12 para obter o valor do décimo terceiro referente a um mês de trabalho. 
  4.  Informe os meses trabalhados: Indique quantos meses o empregado trabalhou durante o ano. Lembre-se de considerar apenas os meses completos de serviço.
  5. Parcela: Escolha se prefere saber o valor de parcelas antecipadas ou pagas separadamente e clique no botão “Calcular” e veja os resultados.

Vale ressaltar que além dos passos acima, é importante considerar as regras trabalhistas vigentes, como os prazos de pagamento das parcelas e situações especiais(restrições, licenças, etc.). Se você não tiver certeza de como utilizar a calculadora décimo terceiro corretamente ou tiver dúvida sobre uma situação específica, sugerimos que consulte um profissional de recursos humanos ou um contador para ter orientações claras e garantir que as decisões sejam feitas de acordo com a legislação.

Como fazer o cálculo do décimo terceiro salário?

De antemão, o cálculo é bem fácil, mas pode ter algumas singularidades. Se optar pela calculadora décimo terceiro terá mais agilidade, mas se deseja fazer a operação à mão, basta que siga o exemplo para aprender como calcular. 

O cálculo será feito da seguinte forma: deve pegar o montante bruto do seu salário e dividir por 12(número de meses). Assim, obterá a quantia coincidente a sua renda mensal. Em seguida, multiplique o resultado pelo total de meses que trabalhou e como efeito, saberá quanto vai receber de 13°. Daremos um exemplo básico:

  • R$2.400/12= R$200,00;
  • R$200,00×12= R$2.400,00.

À vista disso, o salário líquido a ser recebido será de R$2.400,00. Todavia, alguns elementos influenciam e devem ser acrescentados ao monte do seu salário. Sendo eles: 

  • Horas extras;
  • Comissões;
  • Faltas injustificadas;
  • Jornada noturna;
  • Insalubridade.

As únicas regalias que não fazem parte da conta são vale-refeição, bilhetes de transporte e PLR.  Conforme a Lei vigente n°4.090, artigo 1, parágrafo 2, o empregado que exerceu suas funções por 15 ou mais dias, deve ser determinado como mês completo. 

Principais cálculos do décimo terceiro salário

Neste tópico, mostraremos os principais cálculos para fazer na calculadora décimo terceiro, e para entender como calcular, traremos exemplos simples, a fim de não se confundir sobre os valores a serem pagos. Vamos a elas! 

Cálculo décimo terceiro proporcional

Primeiramente, o décimo terceiro proporcional representa o valor que o trabalhador recebe de auxílio referente aos meses do ano em que trabalhou.

Confira, exemplo para entender como fazer a operação na calculadora décimo terceiro:

Imagine um empregado que ganha R$2.600,00 e trabalhou por 8 meses, o cálculo será esse:

  • R$2.600,00/12(meses do ano)= R$216,66;
  • R$216,66×8(tempo de trabalho)= R$1.733,33.

Salvo que a 1ª parte será de R$866,66(metade de R$1.733,33), exceto os descontos, e 2ª fração com a presença de todos os descontos.

Destacamos que o 13° proporcional se aplica em situações de rescisão de contrato, ou seja, o empregado que for demitido antes do final do ano, tem direito a receber o valor relativo ao período trabalhado até o momento da demissão.

 Calculadora décimo terceiro em parcela única com o INSS

Em primeiro lugar, tenha em mente que a opção de pagamento em parcela única, ao invés de ser feita em duas parcelas, geralmente ocorre quando o trabalhador é desligado da instituição antes do final do ano ou por decisão da empresa.

Antes de iniciar o cálculo na calculadora décimo terceiro, deve conferir o valor bruto sem os descontos em seu contracheque ou holerite, por exemplo, se o seu salário acordado é R$2.500,00, mas com as devidas reduções, adquire um valor R$2.200,00, pondere a primeira alternativa. 

Os descontos incluem o benefício INSS e a quota de IRRF. No ano de 2022, os valores atribuídos ao INSS são:

CONTRIBUIÇÃOVALOR DA ALÍQUOTA
R$1.302,007,50%
R$1.302,00 a R$2.571,299,00%
R$2.571,29 a R$3.856,9412%
R$3.856,94 a R$7.507,9314%
Contribuição INSS

Aliás. essa tabela atualiza todos os anos e vê ela no site do Governo Federal(Tabela de contribuição mensal — Instituto Nacional do Seguro Social – INSS (www.gov.br)) Vamos supor um salário bruto de R$5.500,00, como a tabela mostra, você se enquadra na quarta linha com a porcentagem de 14%. O cálculo é efetuado sobre o salário líquido, e é exigido uma redução compatível com a porcentagem de cada linha de renda. Observe: 

  • 1ª linha: R$1.302,00x 7,5%= R$97,65;
  • 2ª linha: (R$2.571,29 – R$1.302,00)x 9%= R$114,23;
  • 3ª linha: (R$3.856,94 – R$2.571,29)x 12%= R$154,29;
  • 4ª linha: (R$5.500,00 – R$3.856,94)x 14%= R$230,02.

De modo geral, o salário que utilizamos como hipótese, R$5.500,00, as deduções são R$97,65+R$114,23+R$154,29+R$230,02= R$596,19. Logo depois de somar, o salário total passará a ser R$4.903,81. 

Décimo Terceiro: Cálculo de parcela única IRRF

Agora que já sabe como usar a calculadora décimo terceiro para cálculos com descontos do INSS, também é necessário realizar uma dedução do Imposto de Renda Retido na Fonte. Para isso, vamos seguir os valores da tabela: 

RENDA MENSALVALOR EM %REDUÇÃO
R$1.903,98
R$1.903,98 a R$2.826,657,5%142,80
R$2.826,65 a R$3.751,0515%354,80
R$3.751,05 a R$4.664,6822,5%636,13
Superior a R$4.664,6827,5%869,36
Contribuição IRRF

Sobretudo, o IRRF tem como base o salário após o desconto da previdência.

  • IRRF= (R$4.903,81×27,5) – R$869,36;
  • IRRF=(R$4.903,81×0,275) – R$869,36;
  • IRRF= R$1353,45 – R$869,36;
  • IRRF= R$484,09.

Como resultado, da renda mensal de R$5.500, teremos uma redução INSS de R$596,19 e do IRRF de R$484,09, a parcela única fica totalizada em R$4.419,72.

Cálculo décimo terceiro: 1ª parcela

Sobretudo, a primeira parcela do 13° salário costuma ser paga até o dia 30 de novembro de cada ano. Essa parcela corresponde a metade do valor total do décimo terceiro e é isenta de descontos como IRRF e INSS. 

O cálculo é bem fácil, você pode usar a calculadora décimo terceiro ou qualquer outro recurso: é só fazer a divisão do valor da renda bruta por 12, multiplique o resultado pelo número de meses em que trabalhou no ano e dividir novamente por Por exemplo, Márcio recebe um salário de R$3.000 e trabalhou um período de 12 meses no ano, logo a conta ficará assim:

  • R$3.000/12= R$250,00;
  • R$250,00×12= R$3.000,00;
  • R$3.000,00/2= R$1.500,00.

Dessa forma, o trabalhador Márcio terá direito a R$1.500,00 sem descontos na primeira parcela do 13° salário. Em contrapartida, se não tem 12 meses de trabalho, saiba que o décimo terceiro será proporcional ao tempo de serviço.

Cálculo décimo terceiro: 2ª parcela

A segunda parcela só recebe no fim do ano, até dia 20 de dezembro. Ajudando nas custas para as festas do fim do ano. Ele já vem com a cobrança da previdência e imposto de renda. Nesta situação, é preciso a reduzir o valor já quitado na primeira parcela pela quantia total da parcela única.

  • Salário de R$3.000,00 – descontos IRRF/INSS= R$2.668,98;
  • R$2.668,98 – R$1.500,00(valor da 1ª parcela)= R$1.168,98(total da 2ª parcela).

Sendo assim, o empregado vai receber um total de R$1.168,98 na segunda parcela do seu décimo terceiro com os devidos descontos.

Cálculo décimo terceiro com horas extras

O que mais influencia ao calcular o décimo terceiro é a hora extra. Veja o exemplo abaixo para entender o porque!

  • Janeiro: 9 horas extras;
  • Fevereiro: 6 horas extras;
  • Março: 14 horas adicionais;
  • Abril: 7 horas extras;
  • Maio: 8 horas extras;
  • Junho: 6 horas extras;
  • Julho: 2 horas adicionais;
  • Agosto: 3 horas extras;
  • Setembro: 5 horas extras;
  • Outubro: 1 hora extra.

O resultado das horas complementares será 61, e posteriormente, é preciso informar qual o preço da sua hora extra. Veja a demonstração a frente:

Um trabalhador assinou um contrato de 220 horas mensalmente com um salário de R$2.500,00.

  • R$2.500,00/220= R$11,36
  • Custo da hora adicional= R$11,36.

A próxima etapa é estimar o valor da hora complementar. De acordo com a lei, quem trabalha no sábado recebe 50% a mais e no domingo e feriados é o dobro.

Supondo que todas as horas, tenham o acréscimo de 50% e a empresa divide por 2, a soma por hora daria:

  • R$11,36/2= R$5,68;
  • R$5,68+ R$11,36= R$17,04(valor da hora adicional).

No exemplo, o trabalhador fez 61 horas extras então ficando:

  • 61x R$17,04= R$1.039,44

Esse valor vem no seu salário, totalizando R$ 3.539,44.

Quem tem direito ao décimo terceiro salário?

A maioria dos trabalhadores formais têm direito ao 13° salário, mas existem algumas categorias excluídas dessa obrigação, como aprendizes e estagiários. As principais categorias de trabalhadores que recebem essa garantia são:

Empregados com carteira assinada

Isso inclui trabalhadores de empresas particulares, autônomas e rurais que possuem contrato formal de trabalho.

Servidores públicos

Funcionários públicos municipais, estaduais e federais, geralmente recebem esse benefício do governo.

Aposentados e pensionistas INSS

Aqueles que recebem o auxílio do INSS, como aposentadoria e pensão por morte, também têm garantido esse benefício.

Trabalhadores temporários

Pessoas contratadas para trabalhos temporários, como no período de festas de final de ano, recebem apenas pelo tempo de trabalho, sendo pagos com o valor do 13° salário proporcional.

Trabalhadores rurais

Trabalhadores de campo que possuíam contrato de trabalho também recebem o décimo terceiro salário.

Em síntese, qualquer empregado que possua carteira assinada, tem garantia da quitação das parcelas do décimo terceiro. Segundo a Consolidação das Leis Trabalhistas(CLT), ao passar do prazo de 15 dias de trabalho, o indivíduo já possui o privilégio do 13° salário. 

Quais os prós e contras da calculadora décimo terceiro?

A calculadora décimo terceiro é uma ferramenta útil para auxiliar os trabalhadores a estimar o valor ao final do ano, como parte do benefício 13° salário. Aqui estão os prós e contras associados ao uso da calculadora:

  • VANTAGENS
    • Facilidade de uso: As calculadoras décimo terceiro são geralmente fáceis de usar, pois requerem apenas a inserção de algumas informações básicas, como salário e tempo de serviço.
    • Estimativa rápida: Elas oferecem uma estimativa ágil do valor que você recebe como 13°, podendo ser útil para o planejamento financeiro.
    • Evita erros manuais: O uso da calculadora reduz a possibilidade de erros de cálculo ao determinar o valor do 13°, garantindo respostas mais precisas.
  • DESVANTAGENS
    • Estimativas aproximadas: A calculadora fornece estimativas aproximadas e pode não considerar todas as variáveis específicas do seu contrato de trabalho.
    • Não substitui consultoria profissional: Embora a calculadora possa ser útil, elas não substituem o aconselhamento profissional de um contador ou especialista em RH, especialmente em casos complexos ou únicos.
    • Variações locais: As regras e regulamentos para o 13° podem variar em diferentes países, estados ou regiões. As calculadoras genéricas podem não considerar essas variáveis.
    • Dependência tecnológica: Usar calculadoras digitais implica dependência de tecnologia e acesso à internet, o que pode ser um obstáculo para algumas pessoas.

Em resumo, acaba compensando usar a calculadora de décimo terceiro, já que ela oferece um valor aproximado do quanto receberá.

Conclusão sobre calculadora décimo terceiro

Neste post, buscamos falar sobre a calculadora décimo terceiro, um instrumento de cálculo que visa facilitar aos trabalhadores, qual o valor do 13° salário a ser pago. Por meio desta, os empregados podem ter uma ideia clara do valor que será quitado, planejando suas finanças de maneira mais organizada. Ademais, através do preenchimento correto das informações, a calculadora entrega uma avaliação segura e ajuda a evitar surpresas contínuas.

Também apresentamos como calcular a sua renda e os principais cálculos para realizar na calculadora décimo terceiro, dependendo da sua situação atual, bem como as categorias de quem tem total direito de recebimento desse auxílio, vantagens e desvantagens de usufruir deste dispositivo.

Podemos concluir que ao usar a calculadora décimo terceiro, o trabalhador tem certeza de que vai ganhar um salário justo, no que diz respeito ao seu tempo de trabalho. Outra ferramenta que pode usar no seu trabalho é a calculadora de salário líquido, assim sabe quanto recebe todos os meses.

Rolar para cima
Pesquisar

Navegue

Siga-nos

Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Polí­tica de Privacidade.