terça-feira, junho 18, 2024

Trabalho alternativo para morar fora do Brasil quais as opções?

Já passou pela sua cabeça ir embora do Brasil, morar no exterior e ter mais segurança financeira?

Muitas pessoas planejam por anos para fazer essa transição e escolher um bom país para morar, estudar ou trabalhar.

Os trabalhos alternativos são uma das opções para quem escolhe morar fora.

Desde sempre os trabalhos alternativos são válidos e aventureiros quando se pretende morar no exterior.

Caso ainda não tenha uma profissão, ou esteja estudando eles podem ser uma ótima empreitada.

Então, confira quais tipos de trabalho alternativo existem em alguns países.

Para quem sonha com essa realidade, ou está procurando até mesmo um subemprego, separamos algumas alternativas eficazes, fique conosco.

Quais os tipos de trabalho alternativo para quem vai morar fora?

Trabalho alternativo para morar fora do Brasil quais as opções?
Imagem: Ilustrativa.

São vários os países que acolhem brasileiros que procuram por oportunidades de emprego, Canadá, Estados Unidos, Irlanda e Japão são alguns deles.

Além disso, os setores mais populares para vagas alternativas são as áreas do turismo e viagem, serviços domésticos e Au Pair.

Como todos sabem os países acolhem os estrangeiros e dão grandes oportunidades para que cresçam financeiramente.

Porém, há uma necessidade de saber onde encontrar as vagas antes arrumar as malas.

Sobretudo, também é importante entender como as vagas alternativas funcionam e o que você precisa para conseguir a sua!

Como já escrevemos em alguns artigos aqui em nosso site a procura de emprego fora do Brasil é alta.

No entanto, requer uma pesquisa aprofundada e antecipadamente. O imigrante precisa organizar os documentos, visto e passaporte.

Lista de trabalhos alternativos no exterior

1. Au Pair (Babá)

Au Pair é um programa para jovens, geralmente de 18 a 30 anos. A pessoa que pretende trabalhar como Au Pair, como qualquer trabalho alternativo, precisa ter pelo menos o nível intermediário de inglês, francês, alemão ou o idioma do país que pretende enviar seu currículo.

Algumas famílias exigem experiência de trabalhar com crianças. Mas isso não é um obrigatoriedade, bem como ter carteira de motorista.

O programa de Au Pair existe em diversos países, principalmente nos Estados Unidos, França, Alemanha, Irlanda e Holanda.

Os interessados podem trabalhar de um a dois anos com uma família e receber em dólar ou em euro.

Agência para candidatura Au Pair

2. Seja um estudante

Fazer um curso de idioma também é uma ótima maneira de trabalho alternativo para morar fora do Brasil.

Além disso, você terá uma experiência incrível fazendo um curso no país que pretende morar, aprimorando a língua nativa e tendo contato com pessoas de lá.

Este é um tipo de trabalho alternativo fácil de solicitar um visto de estudante.

Com o intercâmbio de curso de línguas o imigrante receberá um auxílio salarial para pagar parte das despesas durante seu período morando fora.

O que muitos alunos fazem é aplicar no aprendizado da língua e guardar grana com isso.

Países com Nova Zelândia, Malta, Austrália e Canadá oferecem essa oportunidade facilitando ainda mais a ida do imigrante.

3. Trabalho voluntário 

Com o trabalho voluntário o trabalhador consegue se estabelecer no país sem gastar nada. Basta se candidatar no programa e aguardar!

O Trabalho Voluntário no Exterior é essencial para quem quer morar fora, mas está com pouco dinheiro. Você pode conhecer outro país, ter contato com a cultura e aprimorar ainda mais o idioma. Algumas instituições oferecem bolsas de estudo para trabalho voluntário em diversos países.

Os trabalhadores voluntários em países do exterior têm validade de um ano, alimentação e alojamento e um salário – ajuda de custo de 100 Euros. Os benefícios para quem está com pouco dinheiro são inúmeros, além do salário, 20 dias de férias.

Na Alemanha são mais de cem unidades de treinamento com aulas de alemão e treinamento intercultural do AFS. O voluntário tem uma ajuda de custo de ida e volta com a viagem, certificado de participação e seguro de saúde.

O programa de trabalho voluntário no exterior precisa de visto, mas essas despesas pessoais devem ser pagas pelo voluntário além da taxa de inscrição do programa.

Para se candidatar a bolsa é necessário os seguintes requisitos:

  • Ter a idade de 18 e 27 anos durante o período do intercâmbio com duração de 12 meses;
  • Ser brasileiro;
  • Conhecer o idioma alemão, mínimo nível A2 completo;
  • Comprovante do curso de alemão concluído
  • Passar pelo processo seletivo através do Skype;
  • Ter uma carta de motivação em alemão;

4. Instrutor de Esqui e Snowboard

O primeiro passo para esse trabalho alternativo é buscar por cursos para se qualificar. Além disso, faça pesquisas para obter informações de como funciona esse trabalho e planeje sua viagem! Para conseguir a vaga terá que passar por uma prova avaliativa, sendo assim, se prepare. 

Você encontra emprego em diversos resorts na Austrália e Nova Zelândia.

 Acesse o site para maiores informações aqui!

5. Divemaster Trainee (instrutor de mergulho)

Um emprego de divemaster pode ser uma experiência única, uma vez que você pode trabalhar em diversos locais do mundo todo. Os trabalhos alternativos servem de experiência e podem se transformar em uma em longo prazo carreira.

O imigrante escolhe a região que prefere trabalhar, ou seja, em qualquer lugar do mundo e faz o curso de mergulho. Logo após o termino do curso ele encontra emprego facilmente em locais incríveis.

O valor do curso depende muito do local que vai fazer as aulas. Entretanto existem lugares mais baratos como Honduras, Tailândia, Indonésia e Filipinas.

6. Procure um subemprego

Para encontrar vagas de Subemprego o candidato não precisa de qualificação, pois as funções são para salários mais baixos. É comum os imigrantes procurarem subempregos por serem mais fáceis de encontrar.

As vagas de subemprego exigem que a pessoa tenha residência fixa e consigam o visto de trabalho solicitado pelo profissional à empresa contratante.

Dicas para quem quer morar fora do Brasil arranjar trabalho alternativo

Primeiramente, é importante falar inglês, isso para conseguir qualquer emprego, desde os alternativos até os mais profissionais.  Ajuste bem seu currículo elaborando-o de acordo com o país que pretende morar.

Antes de tudo seja um imigrante legal, esteja dentro da lei. Estar na ilegalidade em outro país pode prejudicar sua carreira e atrapalhar seus planos.

Rolar para cima
Pesquisar

Navegue

Siga-nos

Ao continuar navegando, você concorda com nossos Termos de Uso e Polí­tica de Privacidade.